Início Geral

Cine-teatro S?o Jos? ? reinaugurado em Campina Grande, ap?s obras de R$ 3 milh?es

O Governo do Estado entregou, nessa terça-feira (1º), o Cine-teatro São José, em Campina Grande. O prédio estava fechado há mais de 30 anos e foi recuperado com investimento superior a R$ 3 milhões. Além da exibição inaugural de três curtas-metragens paraibanos, o Cine-teatro São José apresentou outras atrações que comprovaram a versatilidade do espaço para receber espetáculos de vários segmentos artísticos. O grupo circense Los Iranze realizou intervenções com o público. Também se apresentaram os violeiros Erasmo Ferreira e Miro Pereira, além da quadrilha junina Cambebas.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

A obra contemplou a reforma dos camarins, troca do piso e forro, colocação de carpete, instalação de 148 poltronas e cinco novas baterias de banheiro. Na área externa, foi criada uma sala de dança, uma cafeteria e um espaço multiuso, que pode servir a variados tipos de espetáculos e intervenções artísticas, e ainda um anfiteatro. Por se tratar de um patrimônio tombado, toda a obra foi projetada e acompanhada pelos arquitetos do Iphaep, que garantiram a preservação original de seus traços.

A acessibilidade é um dos pontos de destaque da obra, já que todo o projeto foi adaptado de acordo com as especificações exigidas. O Cine-teatro São José também recebeu tratamento acústico, reforma da rede elétrica e hidráulica, bem como uma nova iluminação e pintura.

História

O São José viveu seu apogeu no tempo em que os cinemas eram importantes elos de comunicação. Fundado em 1945, o Cine São José pertenceu a uma família proprietária de cinemas.

Na década de 1980, esse formato de cinema entrou em decadência. Em 1983, o Cine São José faz a sua última exibição e os projetores são apagados definitivamente. Sete anos depois, em 1990, os proprietários decidem se desfazer do cinema vendendo a uma igreja. Antes da atual reforma, alguns reparos foram feitos, o que manteve o prédio erguido. Em 2010, alunos da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) ocuparam o espaço e até promoveram exibições de filmes paraibanos na fachada art déco, mas só após a reforma, iniciada em 2013, e entregue ontem, o espaço pôde finalmente voltar a fazer exibições.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.