Início Geral

Coisas da Paraíba

Às vezes me pergunto se esse Estado ainda tem jeito. Parece que quando uma coisa começa a dar certo, logo aparece um interesse maior e acaba com tudo que já foi construído, ou iniciado. Na política, tudo é tratado de forma muito particular. Resumindo: os interesses pessoais sempre estão em primeiro plano. O povo? Esse aí é quem sempre sofre com as crises, brigas e picuinhas geradas pelos nossos representantes.

A minha mais recente decepção, e curiosidade, é com a bancada federal paraibana, que vinha até mostrando um bom trabalho “em prol dos paraibanos”, como sempre declaram. Mas, de uns dias para cá, o que estamos vendo é uma briga, sem cabimento algum, pelo cargo de coordenador.

Eu só queria saber o que tem de tão bom nessa função, para gerar essa briga entre os parlamentares? Essa é uma coisa que ainda preciso descobrir.

O atual, ou não mais, coordenador Benjamin Maranhão chegou a divulgar uma carta ontem acusando o deputado Wilson Filho de comandar um golpe. Minha gente, melhore! Nessa carta, Benjamin acusa o governador Ricardo Coutinho de articular a mudança de coordenação.

Ora, o que os paraibanos podem entender dessa briga de egos? sinceramente, temos coisas tão mais importantes para tratar. Estamos prestes a uma mudança drástica no Brasil com as votações importantes no Congresso e vemos os nossos representantes preocupados com quem será o coordenador da bancada.

O mais interessante seria cada um coordenar seus mandatos, porque 2018 vem aí.

“Melhores amigos”

O lançamento do primeiro volume da Coleção Senadores da República: discursos memoráveis, que traz o ex-senador Ronaldo Cunha Lima, reuniu os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo, e de Campina Grande, Romero Rodrigues, em Brasília. Os dois estavam no clima “melhores amigos”. Até 2018 chegar…

Ameaça

Prefeitos e deputados pressionaram o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, para que não sejam extintas comarcas em pelo menos 14 municípios.

Estudo

Joás de Brito não deu garantias, mas disse que o Tribunal ainda vai analisar um relatório que foi solicitado e tramita no Poder Judiciário desde 2015.

Plenárias…

Para a eleição de 2018, a situação prioriza o êxito da gestão Ricardo Coutinho antes do espólio eleitoral dos aliados postulantes a sucedê-lo. Cogita-se até plenárias para escolha do melhor nome.

…para o nome

O secretário de Planejamento do Estado, Waldson Souza, não admite se colocar à disposição como um dos nomes, mas a reação ao ser questionado, já diz tudo.

Pressão

Depois de deixar de lado a ideia da disputa pelo Governo do Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, demonstra um ar de tranquilidade e leveza. Nem mesmo as dificuldades financeiras da Casa de Epitácio Pessoa tiram mais o sorriso do rosto do socialista. Ser o nome para substituir Ricardo, não é fácil!

Líderes

Um dos pontos discutidos durante a reunião de líderes na Assembleia Legislativa foi a questão das condições de trabalho para os jornalistas. Mudanças são previstas no Comitê de Imprensa.

Garagem

A Assembleia terá um novo espaço para estacionamento na Praça dos Três Poderes. O prédio desativado foi adquirido pelo presidente Gervásio Maia.

Artilharia

Depois de uma semana afastado, o deputado Tovar Correia Lima voltou aos trabalhos com a língua afiada. Disse que é certo abuso de poder cometido pelo governador no caso da PBPrev.

Irregular

O TCE-PB vai emitir 25 alertas às prefeituras, em decorrência de falhas apontadas pela Auditoria nas contas municipais, especificamente nas leis orçamentárias.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.