Início Colunas
Ivo Marques

Pela grandeza do Botafogo e de sua torcida, o clube da estrela vermelha entrou na Copa Nordeste para lutar pelo título, ou pelo menos, avançar de fase e conseguir uma premiação que melhorasse a situação financeira e honrasse as tradições do clube. Mas, na prática, a competição está servindo apenas como um laboratório para o Campeonato Paraibano.
A equipe não venceu um jogo sequer. Não há como culpar a diretoria atual, que logo que assumiu deixou claro a situação do clube e afirmou que iria fazer um elenco bom e barato, ou seja, uma tarefa difícil, que exige paciência e apostar em novos valores, sem a segurança que se tem quando se investe em jogadores de nível. Porém, jogadores assim custam caro e grana o clube não tem no momento.
O resultado dessa aposta é que nem todos os atletas conseguem corresponder às expectativas, e para completar, o clube perdeu dois jogadores titulares, Bruno e Esquerdinha, por contusão, logo no início da temporada. É difícil exigir dessa equipe uma classificação, disputando com clubes das Séries A e B. A derrota para o CRB, fora de casa, era previsível, o que não era previsível era não vencer nenhuma das duas partidas disputadas em casa, até agora. Aí a coisa complicou, e o clube está entre os últimos colocados do seu grupo. Ainda bem que na Copa do Nordeste não existe rebaixamento, que sirva de grande aprendizado para as disputas do Campeonato Paraibano e principalmente a Série C. No futebol, tudo é possível, mas não acredito mais na classificação do Botafogo.
Já o Treze, quem diria, surpreendeu no início da Copa do Nordeste, ao ponto de ser considerado favorito a vencer o ABC no último domingo em Campina Grande. Mas foi exatamente quando o torcedor mais acreditava no sucesso do clube, que veio a decepção. O Galo perdeu dentro de casa e teve ainda dois jogadores expulsos. Aí começam as teorias de conspiração. Essa derrota, com uma má atuação, teria sido pela superioridade técnica do adversário, ou teria a ver com o atraso no pagamento dos salários. Todos se lembram que os jogadores fizeram um protesto na semana passada e chegaram a não treinar dois dias antes da estreia da Copa do Brasil.
Não se pode afirmar, e nem tão pouco provar, que os jogadores tenham feito corpo mole por causa do atraso no pagamento dos salários. Porém, uma coisa é certa, isso influi no psicológico dos atletas, afinal são seres humanos, pais de família, e os compromissos não esperam pelo pagamento do clube. Será que você, caro leitor, trabalharia com a cabeça legal, se não recebesse o salário no final do mês e visse as dívidas se acumulando, e algumas até se multiplicando por causa dos juros?
Não estou aqui afirmando, e quem seria eu para afirmar, que tanto Botafogo como o Treze já estão eliminados, sem chances para se classificar. Ainda faltam quatro jogos e são 12 pontos em disputa. Eu estou analisando a situação, até o momento, e diga-se de passagem, se esta fase da competição terminasse agora, o Galo estaria classificado para as oitavas de final.
O Botafogo terá ainda pela frente o Ceará, na próxima quinta-feira no Almeidão, depois o Treze fora, Confiança em casa e Santa Cruz fora. Já o Treze terá o Salgueiro fora, o Botafogo em casa, o Vitória fora, e o Sport em casa.
Os otimistas de plantão fazem as contas e acreditam na classificação dos clubes paraibanos. Eles se baseiam no fato de que a Copa do Nordeste é uma competição muito nivelada e que o Botafogo tem amplas condições de vencer o Treze, o Confiança e o Santa Cruz. Em relação ao Treze, eles acreditam que o Galo tenha condições de vencer o Salgueiro, o Botafogo e o Sport.
Pelo lado dos pessimistas, o pensamento é que o Botafogo será derrotado pelo Ceará e pelo Treze e também não conseguirá vencer o Santa Cruz, em Recife, mesmo o Tricolor estando na lanterna, sem nenhum ponto. Com relação ao Treze, eles acham que o Galo perde para o Salgueiro e para o Vitória e não ganha do Sport, mesmo em Campina Grande.
Opiniões à parte, vamos esperar a próxima rodada, já no meio desta semana, para saber quem acertou nos palpites, os otimistas ou os pessimistas. A verdade é que a Copa do Nordeste é muito difícil, mas não esperava uma campanha tão ruim como a do Botafogo, até o momento. Oxalá as coisas melhorem para os clubes paraibanos.

@blogdoivo.com
www.virtualstore.com

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.