Moeda: Clima: Marés:
Início Colunas
Sony Lacerda

A partir desta segunda-feira (25), a Comissão Mista de Orçamento começará a receber emendas ao projeto de lei orçamentária para 2022 (PLN 19/21). Ou poderiam se chamar “fundo eleitoral” individual.

Cada deputado e senador terá R$ 17,6 milhões para “distribuir” nas bases, a partir do Orçamento Geral da União 2022, que será votado até dezembro deste ano.

Nas bases sim, porque emendas nunca foram instrumento democrático. Os prefeitos melhor relacionados e de municípios maiores, a depender da potencialidade de voto, conseguem atrair emendas mais abastadas. É fato!

O projeto de lei orçamentária para 2022, encaminhado pelo Poder Executivo, reserva R$ 10,5 bilhões para emendas individuais e R$ 5,7 bilhões para as emendas de bancada estadual, totalizando R$ 16,2 bilhões em emendas com execução obrigatória.

Uma coisa boa é que metade das emendas individuais, ou R$ 5,24 bilhões, deve ser gasta em ações e serviços públicos de saúde. A Paraíba tem 12 deputados federais e três senadores.

A partir desta segunda-feira (25), a Comissão Mista de Orçamento começará a receber emendas ao projeto de lei orçamentária para 2022 (PLN 19/21). Ou poderiam se chamar “fundo eleitoral” individual.

Cada deputado e senador terá R$ 17,6 milhões para “distribuir” nas bases, a partir do Orçamento Geral da União 2022, que será votado até dezembro deste ano.

Nas bases sim, porque emendas nunca foram instrumento democrático. Os prefeitos melhor relacionados e de municípios maiores, a depender da potencialidade de voto, conseguem atrair emendas mais abastadas. É fato!

O projeto de lei orçamentária para 2022, encaminhado pelo Poder Executivo, reserva R$ 10,5 bilhões para emendas individuais e R$ 5,7 bilhões para as emendas de bancada estadual, totalizando R$ 16,2 bilhões em emendas com execução obrigatória.

Uma coisa boa é que metade das emendas individuais, ou R$ 5,24 bilhões, deve ser gasta em ações e serviços públicos de saúde. A Paraíba tem 12 deputados federais e três senadores.

Comentários

ANTONIO OLIMPIO MAIA DE VASCONCELOS disse:

LASTIMAVEL, ATRASO, DECADENCIA, A VELHA POLITICA DOS CURRAIS ELEITORAIS DE UM PASSADO RECENTE, ESTA DE VOLTA, DESTA VEZ COMO OPÇAO DE “AJUDA AO CIDADAO”, COISA MAIS ABSURDA, EQUIVALE A PARTILHA DO BOLO, ONDE APROXIMADAMENTE SE DOA 1/3 E O RESTANTE FOSSE PARA OS POLITICOS TORRAR DA MANEIRA QUE BEM QUEREM, E MUITA CIBATADA NO LOMBO DO REBANHO, QUE VIVE TAL E QUAL ANUNCIA A COMPOSIÇAO MUSICAL: “EH, OH, VIDA DE GADO, POVO MARCADO, POVO FELIZ”, SEGUNDO O VISIONARIO, AUTOR, COMPOSITOR E CANTOR ZE RAMALHO, GRANDE CONTERRANEO!!!!!!!

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.