Início Colunas
Josuel Gomes

Esta é a minha história, que pode ser reconhecida como a de muitos outros. Um dia você é técnico, sabe fazer as coisas e, de repente, é acometido de uma crise de empreendedorismo. A vontade é de não querer mais trabalhar para os outros, ter desejo de ser seu próprio chefe e, para isso, resolve abrir uma empresa que, no popular, é a materialização de um CNPJ, onde se pode dizer: agora sou empresário!

Não demora muito para descobrir que saber fazer as coisas é diferente de administrar uma empresa. Este choque de realidade se une ao desafio que é empreender, especialmente quando olhamos para o Brasil, com um ambiente insalubre para o empreendedor, com instituições que não ajudam e fazem seus sonhos virar pesadelos em pouco tempo. As estatísticas estão aí e não me deixam mentir: a cada 10 empresas que abrem, 6 fecham suas portas em cinco anos (segundo o IBGE).

O que fazer, então? É melhor não empreender? A resposta é: depende. Se você está disposto a navegar em águas profundas e turbulentas, trabalhar mais do que trabalhava como técnico, chegar a sexta feira e continuar pensando na empresa, no sábado, no domingo, dia e noite também, as vezes até em sonho (quando se consegue ter essa benção), a resposta é sim.

Entretanto, se é uma vida mais tranquila que você almeja, sem grandes emoções e mais estabilidade, contudo sem superar grandes desafios, talvez esse ramo não seja de realizações para você, porque o glamour que pregam por aí está longe de ser verdade.

Não existe certo nem errado para isso, existem apenas as suas decisões e para cada uma delas, renúncias.

Se vai fazer, se queres empreender, deve considerar: por que existem empresas que crescem e outras vão a falência nos mesmos segmentos? No mesmo ambiente? Com o mesmo dólar? Com o mesmo governo e mesmos clientes?

A diferença está na gestão. Logo, você precisa entender o que é gestão, precisa se preparar, saber quais as ferramentas que vão ajudar, ler livros de negócios, de histórias de quem já fez, e claro, aprender com os erros dos outros, afinal, ser inteligente com os erros dos outros é ser sábio.

Grandes empreendedores estão cheios de histórias que vão ajudar você que está iniciando, ou que já empreende, pois mesmo sendo veterano, os desafios são outros e você não pode parar, pois uma planta quando para de crescer, começa a morrer. O ser humano e as empresas não fogem da regra.

Frase para refletir: empreender é padecer no paraíso!

Livro recomendado: O mito do empreendedor! (onde são mostradas as diferenças entre o técnico, o administrador e o empreendedor).

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.