Início Colunas
Ivo Marques

Após 3 semanas de exaustivos exercícios físicos e treinamentos técnicos e táticos, Botafogo e Treze começam agora uma nova fase na pré-temporada. Chegou a hora de testar o que foi treinado com a realização dos chamados jogos-treinos. No último sábado, o Botafogo enfrentou a equipe do CSP, formada por atletas sub 19. Já o Treze encarou o Globo do Rio Grande do Norte, que também se prepara para o Campeonato Potiguar.
Nesta fase, e sobretudo no primeiro jogo-treino, o placar é o que menos interessa. O jogo serve apenas para testar esquemas táticos e observar os jogadores em ação fora dos treinos coletivos, enfrentando outros jogadores que não fazem parte do grupo. Por este motivo, não podemos dizer que o Belo foi muito bem porque venceu o CSP por 2 a 1 e o Galo foi muito mal porque perdeu para o Globo, também por 2 a 1.
A pergunta que o torcedor logo nos faz é: o que achou do novo Botafogo? Você acha que este time vai dar muitas alegrias a sua torcida este ano? São perguntas que infelizmente ainda não podemos responder, afinal, o time está apenas iniciando um trabalho e com certeza vai melhorar muito ainda no aspecto físico, técnico e tático. Por este motivo, estes amistosos são chamados de jogos-treino. Os treinadores colocam em campo um time a cada tempo e a diferença do primeiro para o segundo tempo sempre é imprevisível.
Na vitória do Botafogo, por exemplo, ressalta-se a intensidade do time, tanto no primeiro como no segundo tempo, mesmo jogando em cada etapa com equipes diferentes. Foi um bom teste contra uma garotada muito entrosada e com um preparo físico bem superior aos jogadores do Belo, que estão em uma pré temporada.
A movimentação foi muito boa, a marcação adiantada pressionando a saída de bola do adversário também foi bem executada, e o Thiago Santos, que tanto o torcedor tinha receio porque vem de contusões graves, mostrou no segundo tempo que pode dar muitas alegrias ao torcedor este ano. Ele jogou com muita desenvoltura e na hora que a chance apareceu, ele mandou na rede, mostrando que é um atacante de qualidade. É claro, que ainda falta muito, mas foi um bom começo e com certeza agradou ao técnico Marcelo Vilar. O teste desta quarta-feira é mais difícil, porque a equipe do Vitória deverá exigir bem mais do que exigiu o CSP.
Já o Treze, enquanto esteve em campo com o time considerado titular pelo técnico Marcelinho Paraíba, empatou em 1 a 1 contra a boa equipe do Globo, um time que vem crescendo no cenário futebolístico do Rio Grande do Norte e acostumado a participar de grandes competições, como a Copa do Nordeste e o Brasileiro da Série C. Na segunda etapa, com o time totalmente modificado, o Galo caiu de produção e acabou sendo derrotado. Normal, não há motivos para o torcedor se preocupar. Mais jogos treinos virão para que o técnico Marcelinho Paraíba, que estreia na profissão, possa ajustar o time até a estreia na Copa do Nordeste.

Mais esportes no Instagram @blogdoivomarques

[email protected]

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.