Moeda: Clima: Marés:
Início Colunas
Sony Lacerda

É de se perguntar: O Progressistas quer realmente compor a base do governador João Azevêdo, ou melhor, a pretensa chapa à reeleição? Se realmente quer, precisará se rearrumar internamente.

João esteve em Cajazeiras, nessa quinta-feira (12), para a primeira audiência pública regional do Orçamento Democrático Estadual – ciclo 2022. Reuniu mais de 4,5 mil pessoas.

Mas, as ausências sentidas ficaram por conta do prefeito do município, José Aldemir, e a da deputada estadual Dra. Paula, ambos progressistas.

Por outro lado, o Republicanos marcou “presença” com os deputados Adriano Galdino, presidente da Assembleia Legislativa, Wilson Santiago e Wilson Filho.

No mesmo dia, só que mais cedo, um outro progressista, o prefeito Emerson Panta (Santa Rita) abria uma crise com o Governo após “desligar” a Cagepa e anunciar nova empresa para gerir abastecimento de água e sistema de esgotamento sanitário. O caso está na Justiça.

Lembrando que ele é casado com a deputada Dra. Jane Panta. Os dois votam juntos. Ou seja, o apoio a João, que já era certo, agora é que não será.

Em meio a tudo isso, tem o prefeito da Capital, Cícero Lucena. Parece até que progressista tem “lutado” sozinho para que essa aliança se concretize. Porque até mesmo Aguinaldo parece não querer.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.