Início Colunas
Guilherme Baía

Finanças é algo que faz muito parte do nosso dia a dia, mas também é daquelas coisas que a gente trata, mas não sabe definir muito bem. Permita-me ajuda-lo.

Finanças trata do valor das coisas no tempo. Deve ser entendida então como baseada em duas variáveis: o valor, quase sempre monetário e o tempo. O uso mais clássico das finanças é algo como estudar se compensa mais receber um cheque de 950 hoje ou 1000 daqui a um tempo.

Mas vamos falar do tempo primeiro. Como foi o seu ano passado? Como ele influenciou todo o seu futuro? Como você vai querer sua vida futura? Cuidando dos netos? Viajando mais que hoje? Consumindo quanto por mês para viver bem? Até quando você vai viver?

Invariavelmente, para responder a essas coisas a gente precisa colocar o elemento dinheiro nas respostas. Para poder responder a “Cuidando dos netos?” você precisa saber quanto isso lhe custaria – em horas e em dinheiro. “Vai viver até quando?” precisa considerar os gastos com a saúde de hoje até esta data.

Dinheiro só serve para uma coisa: gastar. Ele não é um bem em si mesmo. Ter muito dinheiro significa ter a possibilidade de gastar. Você só precisa escolher se o gasta agora (consumo) ou se gastará depois (poupança).

E quando se gasta dinheiro, só se gasta com duas coisas: conforto e segurança (física, alimentar, saúde, etc). Tudo o que você consome com dinheiro tem um componente de conforto e outro de segurança.

Tudo o que precisamos para tomar uma boa decisão financeira é então se queremos mais conforto ou mais segurança e se precisa ser agora ou pode ficar para depois.

É quando entram os valores da vida. Não o monetário, mas aquilo que nos dá sentido. Todas as nossas escolhas são baseadas nos nossos valores. Eu compro aquilo que eu considero importante e considero importante aquilo a que dou o devido valor.

Considerando o dinheiro como um elemento necessário para a vida, usamos o dinheiro para justificar os verdadeiros valores que damos a vida ao longo do tempo. Lidar melhor com as finanças é ir acumulando os valores da vida que queremos lidar ao longo do tempo.

É para isso que servirá essa coluna. Para pensarmos os nossos valores e decidirmos como lidar melhor com o nosso dinheiro. Espero servi-lo bem.

Guilherme Baía

@guilhermebaia

Planejador Financeiro Fiduciário, cuja missão é entender os seus valores e ajudar você a lidar melhor com o dinheiro e atingir seus objetivos de vida.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.