Moeda: Clima: Marés:
Início Colunas
Leandro Mazzini

O que o Brasil sabe

Os reports recentes de agentes brasileiros em embaixadas da Europa e Ásia entregues ao Palácio do Planalto, de posse da Coluna, indicam que o Brasil está imune à crise internacional causada pela guerra da Rússia com a Ucrânia, e que o velho continente estará em apuros no abastecimento de gás e energia no fim do ano, o que poderá gerar insatisfações populares. Nesse relatório, os Estados Unidos sentem impactos isolados na economia, e a Rússia consegue segurar seu cenário no mercado a despeito das sanções. Já o baque na economia da Ucrânia é gigante. Mais de 50% das empresas paralisaram as suas atividades e a exportação de grãos, principal setor exportador, caíram para um terço. Ciente de que as commodities agrícolas são cruciais para a Ucrânia, a Rússia está destruindo campos de plantações com metais, armas químicas e tanques passando sobre a terra. O report revela que é a Rússia quem bombardeia residências e civis, ao contrário do que divulga o Kremlin. São cerca de 12 mortes de inocentes por dia.

A verdade no BRB

De uma semana para cá o Banco de Brasília sofre uma campanha sobre supostos prejuízos. O BRB passou por uma limpeza na atual gestão e saiu das páginas policiais por causa de alguns clientes e diretores de antigas gestões. Quem entende dos bastidores sabe o que acontece: uma retaliação por uma operação de crédito não autorizada pelo banco. Os acionistas estão confiantes de que terão números positivos de parcerias.

Bando elegante

O poder de um bando que fazia assalto elegante se esvai na capital federal. A empresa está em frangalhos. Um empresário de eventos que tomou prejuízo da má fé destes parceiros levantou provas em áudios e vídeos e guarda para o momento certo. Dois deles: R$ 38 mil, não pagos, ficaram com um chefe da empresa, que foi passear na Europa. E em outro episódio surreal, há um vídeo de adultério num apartamento no Sudoeste. Um escândalo atrás de outro.

Legado de Guedes?

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anda insatisfeito com o chefe sobre a insistência do pacote de bondades sociais para tentar reverter o quadro eleitoral. Os arroubos eleitoreiros de Bolsonaro feriram o plano do economista de deixar caixa muito mais forte no Tesouro como vem fazendo com venda de ativos, privatizações de estatais e oferta de imóveis da União. O sonho de Guedes é oferecer a Petrobras ao mercado.

Sem assessoria..

O staff eleitoral de Bolsonaro não terá equipe de assessoria de imprensa para a campanha. Tudo indica que o filho vereador Carlos Bolsonaro vai controlar esse setor, com disparos de informações nas redes sociais do pai. A decisão não é surpresa para os veículos de comunicação. Desde o início do Governo, repórteres penam para ter acesso a informações oficiais. Demandas para ministérios ou autarquias não são respondidas.

Bola na trave

A Copa da FIFA acontece daqui a quatro meses, milhares de brasileiros já compraram seu pacote para o Catar e o Itamaraty ainda não preparou cartilha de orientações para turistas sobre as peculiaridades sócio-políticas de lá (dicas essenciais para evitar confusão no país). Casal homossexual que beijar na boca pode ser preso.

_________________________________________________________________


ESPLANADEIRA

# Exposição Nós e o Eléctrico, o Eléctrico e Nós, do artista visual Cocco Barçante, acontece até dia 31 na Galeria Arte Graça, em Portugal. # Hóspedes no Airbnb contribuíram com 416 mil empregos e US$ 4,5 bilhões de renda na América Latina e Caribe, em 2021. # Intuit e Meta anunciam parceria para apoiar empreendedores da comunidade LGBTQIA+. # MV patrocina o piloto Cesar Ramos da Stock Car. # Arcos Dorados promoveu inclusão e capacitação de mais 400 mil jovens em toda a América Latina, em 2021.

_________________________________________________________________


Colaboraram Walmor Parente, Carolina Freitas, Sara Moreira e Izânio Façanha (charge)

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.