Início Colunas
Leandro Mazzini

Pela tangente

Continua a luta do Tribunal Superior Eleitoral para evitar o voto impresso, ou a chamada cópia física do mesmo, diante da consolidação da operação da urna eletrônica. Segundo fontes da Comissão do Voto Auditável, da Câmara dos Deputados, a assessoria parlamentar do TSE pediu ao presidente da comissão, deputado Felipe Barros (PSL-PR), para não pautar o requerimento (nº 25/21) da deputada Bia Kicis (PSL-DF). Hoje presidente da poderosa Comissão de Constituição e Justiça, ela apresentou emenda à PEC 135 para fazer valer na Constituição a “expedição de cédula física” nas urnas na apuração de votação das eleições, plebiscitos e referendos. Está na fila da Comissão.

Aliás..

.. Apenas neste ano, o TSE já avançou na segunda licitação para compra de milhares de novas urnas para o pleito de 2022. São centenas de milhões de reais em jogo.

Vacinado

O presidente Bolsonaro tomou a vacina da Astrazeneca, contou amiga próxima, empresária conhecida em Brasília, num grupo de whatsapp. A Coluna teve acesso ao print da conversa.

O de sempre

Veterano na praça, Michel Temer e o seu grupo no MDB começaram a fazer o que sabem há décadas: uma ampla frente de partidos para negociar, ops!, fechar, em junho de 2022, com o candidato que tiver mais chance de chegar ao Palácio do Planalto.


Meia volta

Depois de ver o enterro do Aliança para o Brasil, paquerar o Patriota e se aproximar do PRTB, todas as iniciativas sem sucesso, Bolsonaro está perto de voltar para o PP, hoje chamado Progressistas, partido no qual ficou até o escândalo do Petrolão.

Cauteloso

E por que Bolsonaro insistiu até agora na filiação em partido nanico, com condição de controle total da Executiva da legenda? Seus 28 anos de experiência no Congresso lhe ensinaram que não se confia no comando de um partido até a convenção eleitoral. Ele quer ter certeza de que não será rifado em nome de outro candidato.


Tarcísio do trator

O ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura, virou um trator neste Governo num modus operandi peculiar e sem ‘jeitinhos’. Retomou centenas de obras paralizadas pelo TCU ou por falta de verbas, legado de más administrações passadas. Faz parcerias desde a turma da engenharia do Exército até os conhecidos empreiteiros. 


É muita paixão

Aconteceu ontem na Vara do Trabalho em Santo André (SP), do TRT da 2ª Região: o juiz Diego Petacci pediu licença às partes para homenagear o São Paulo Futebol Clube e escreveu o hino do time do coração num acordo homologado.


MERCADO


Novo consumidor

A pandemia mostrou ao mercado que o negócio de lojas “vinde a mim”, em shoppings ou ruas, não tem mais o potencial de antes. As redes que não perceberam, perderam dinheiro e clientes. Está aí na praça o delivery de refeições para comprovar.

Mais pop

A ViaVarejo (Ponto Frio e Casas Bahia) percebeu o avanço significativo da rede MAGALU (Magazine Luiza) na internet e em parcerias com revendedores ‘porta a porta’ no interior. O Ponto Frio vai mudar o visual das lojas para ficar ‘mais pop’.

Natureza manda conta

As perdas com desastres naturais no Brasil ano passado superaram os US$ 4 bilhões, mostra o Relatório de Análise de Clima e Catástrofes da consultoria global de riscos Aon. Só na Amazônia brasileira, mais de 1,1 milhão de hectares de terra foram perdidos, segundo o relatório.

Sobre educação

A editora do Laboratório de Política Públicas da Uerj lança hoje o livro “Trabalho Docente sob Fogo Cruzado II”. Reúne estudos, críticas e relatos sobre a resistência dos profissionais da Educação diante de variadas dificuldades como a pandemia. São 43 professores-autores envolvidos. O livro pode ser baixado grátis no site da LPP.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.