Início Colunas
Sony Lacerda

A desembargadora Fátima Bezerra, esposa do senador José Maranhão (MDB), tem encontrado no virtual a acolhida da dor real. Maranhão, que tem 87 anos, está internado há mais de dois meses no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, internado na Unidade de Terapia Intensiva com quadro de insuficiência respiratória grave em decorrência de complicações da Covid-19.

Os textos, encaminhados pelas redes sociais, a amigos próximos tratam de histórias vividas, sentidas ao lado do senador, com que tem dois filhos adotivos: Alice e Léo Maranhão. Ele também é pai de Letícia. Fátima Bezerra está em São Paulo desde 31 de dezembro, onde acompanha o marido. A filha, que é médica, foi junto com o pai quando da transferência para São Paulo.

“Todas as vezes que meu marido anda a cavalo, galopa, aboia juntando o gado, volto a minha juventude e não sinto que já sou sexagenária.

Só consigo me ver mais nova do que sou, face a nossa diferença de idade.

Ressaltemos: fui a única mulher de sua vida. E ele a maior paixão da minha. Paixão sinônimo de admiração e de sentir-me protegida em toda e qualquer situação.

Meu Senhor eu lhe peço: salve a sua vida! Preciso sentir seu cheiro, tocar na sua pele, acariciar seus cabelos. Quero-o comigo, mesmo alquebrado. Quero- o me fitando conselheiro e me mostrando como continuar forte, esperançosa e digna.

Seu filho Léo Maranhão ainda tem muito que aprender. Letícia tem uma caminhada para ajustar. Alicinha se tornou sua mãe amorosa e quando ela lhe prometeu: só saio daqui com o senhor painho. Ela não falou por ela. O Espírito Santo de Deus a inspirou. E tem lhe dado o dom da fortaleza e da perseverança para estimula- lo a vencer as sequelas do Covid-19.

Vem meu amor! Força! Tanta gente orando! Alicinha vai dar o espaço dela ao seu lado a todos os paraibanos que lhe amam. E juntos agradeceremos a Deus o dom da sua vida”.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.