Início Esportes

Com dúvida no gol, Flamengo busca vaga na final da Sul-Americana

O péssimo ano de Alex Muralha pode ter, enfim, terminado. Para a decisão desta quinta-feira (30), que vale vaga na final da Copa Sul-Americana, o técnico Reinaldo Rueda precisa tomar uma decisão: ou escala o criticado goleiro e encara a ira da torcida ou arrisca e opta por começar a partida com um jogador pouco experiente debaixo das traves.

O Flamengo viajou para a Colômbia, onde encara o Junior Barranquilla nesta quinta-feira. A delegação conta com três goleiros: Muralha, Thiago e César. O primeiro é quem tem sido titular desde a lesão de Diego Alves, no jogo de ida da semifinal. O problema é que Alex é constantemente criticado pela torcida, irada com sucessivas falhas.

Depois de acumular atuações ruins em 2017, Muralha demonstra muita insegurança no gol flamenguista. Sem poder utilizar Diego Alves na Copa do Brasil, Rueda foi obrigado a escolher entre o contestado goleiro e o jovem Thiago. Mas não havia outra opção: o mau desempenho do camisa 38 obrigou o colombiano a dar a posição para o garoto de 21 anos.

Antes do jogo decisivo da final do torneio nacional mata-mata, entretanto, Thiago sofreu uma fratura no punho, deixando a vaga nas mãos do execrado então terceiro goleiro do Fla. Muralha já havia recebido muitas críticas na eliminação do time carioca diante do Paraná, na Primeira Liga, quando passou longe de defender alguma das seis cobranças adversárias.

Na final da Copa do Brasil, a decisão novamente acabou na disputa por pênaltis. Alex Muralha pulou para o mesmo lado em todas as cobranças cruzeirenses e não defendeu nenhuma. O Flamengo ficou com o vice, e o goleiro foi mais uma vez criticado pela torcida.

O que todo flamenguista temia aconteceu também na Sul-Americana: o titular Diego Alves fraturou a clavícula durante a partida de ida da semifinal e deu lugar a Muralha. Com a missão de ser o substituto até o fim do ano, uma partida ruim foi suficiente para reacender a raiva dos rubro-negros. Contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, Alex falhou nos dois gols que decretaram a derrota do Fla, naquele que pode ter sido seu último jogo pelo clube.

No embarque para a Colômbia, o goleiro foi xingado por torcedores ao descer do ônibus do time. A situação insustentável de Muralha no Flamengo reabriu a discussão sobre quem deve assumir a titularidade na reta final de 2017. Thiago, em fase final de recuperação da fratura no punho, e César, que não atua há dois anos, são as opções de Rueda para o jogo mais importante da equipe na temporada.

A tendência é que Muralha seja barrado pelo treinador. Mais uma atuação ruim do já inseguro goleiro poderia causar uma dolorosa eliminação, a qual seria atribuída diretamente ao comandante. A alternativa do técnico é escalar César ou Thiago e torcer para que a inexperiência não seja um fator determinante no confronto decisivo.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.