Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Saiba quais cidades gastaram mais de R$ 1 milhão em 2018

Das 223 prefeituras paraibanas, 41 tiveram gastos superiores a R$ 1 milhão com combustíveis no ano de 2018. O levantamento foi realizado pelo Portal Correio, com base nas informações repassadas pelos municípios até o mês de novembro e que foram disponibilizadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB).

Leia também: Aesa diz que ainda não choveu em seis cidades da PB este ano

De acordo com o levantamento do TCE, a cidade de João Pessoa lidera o ranking com R$ 6,85 milhões gastos. Em seguida, aparece Campina Grande – 2ª maior cidade do estado – com R$ 4,61 milhões. Na terceira colocação, vem o município de Sousa (R$ 2,8 milhões), seguido de Mamanguape (R$ 2,56 milhões) e São Bento (R$ 2,47 milhões).

Prefeitos recorrem à ‘ambulancioterapia’

De um modo geral, o maior volume de gastos feito pelas prefeituras foi para pagar despesas com saúde. Como a maioria das cidades paraibanas não é dotada de uma boa estrutura na área, os gestores recorrem à ‘ambulancioterapia’, que consiste no transporte de pacientes para centros maiores.

Segundo o TCE, de todo os valores gastos, mais de um terço das despesas dos municípios foi na área da saúde, o equivalente a quase R$ 56 milhões. A educação vem logo em seguida, com R$ 50,64 milhões.

Mais de R$ 1 milhão pagos a um só posto

O levantamento também mostra dados curiosos, como por exemplo, na prefeitura de Boqueirão, onde foram gastos mais R$ 1,28 milhão com combustíveis até o mês de novembro de 2018. Todo esse valor foi pago a um único posto, conforme o sistema Sagres Online, do TCE.

Boqueirão lidera gastos no Cariri Oriental

O valor gasto em Boqueirão é o maior entre as prefeituras do Cariri Oriental. Na região, a Prefeitura de Alcantil aparece com a 2ª maior despesa, com quase R$ 795 mil, seguido da Prefeitura de Caturité, com R$ 769 mil.

Caaporã possui menor despesa com combustíveis

A Prefeitura de Caaporã, na Grande João Pessoa, foi a que menos gastou com combustíveis em 2018. Segundo o TCE, lá foram gastos R$ 241,02 mil.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.