Início Geral

Comerci?rios pedem 17% de aumento, n?o s?o atendidos e anunciam protestos na Para?ba

Os comerciários de Campina Grande já fizeram quatro reuniões em duas semanas para tentar um acordo com os empresários que permita aumento de 17,41% no piso salarial, para subir de R$ 763 para R$ 900. Nessa sexta-feira (7), na quarta tentativa, os patrões ofereceram R$ 830, um aumento de 8,78%, o que não foi aceito pela categoria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Das quatro reuniões de negociação, três delas foram mediadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego e sem acordo, os comerciários, que tem data-base em 1º de novembro, vão recorrer ao Tribunal Regional do Trabalho nesta segunda-feira (10) no dissídio coletivo.

Segundo o presidente do Sindicato dos Comerciários, José do Nascimento Coelho, essa teria sido a única alternativa que restou  para resolver as questões que não puderam ser solucionadas pela negociação direta entre os representantes dos  trabalhadores e empregadores.

Para reforçar a reivindicação, os comerciários pretendem fazer um movimento paredista nesta segunda-feira (10) pelas ruas Maciel Pinheiro  e João Pessoa, no Centro de Campina, além de uma assembleia para decidir como proceder com manifestações e negociações.

O Portal Correio tem procurado a Federação do Comércio na Paraíba para comentar o assunto, mas ninguém concedeu informações sobre as negociações.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.