Moda

Impasse

#SouRepórterCorreio

TV Correio

Concurso
Espaço definido como objeto do concurso é a região central da cidade que concentra em um mesmo raio (Foto: Divulgação)

Concurso seleciona projeto de revitalização do Centro de Conde

Por meio do concurso, será elaborada uma proposta de intervenção para uma área de aproximadamente 14.266,00 m²

232
COMPARTILHE

As inscrições para o concurso nacional que vai escolher o projeto de Urbanismo e Arquitetura destinado a requalificação da área Centro do município de Conde, se encerram nesta sexta-feira (28). Por meio do concurso, será elaborada uma proposta de intervenção para uma área de aproximadamente 14.266,00 m² e desenvolvidos projetos de urbanismo, paisagismo, infraestrutura urbana, e dos equipamentos públicos e mobiliário urbano. As inscrições são online.

A ideia

O espaço definido como objeto do concurso é a região central da cidade que concentra em um mesmo raio, o mercado público, igrejas, escolas, praças, feira livre e repartições públicas. As Praças Pedro Alves e Antônio de Souza Santos e as ruas Nossa Senhora da Conceição e Domingos Maranhão, são os locais com maior potencial urbanístico e que são os espaços de maior relevância na realização dos eventos sociais do município.

Entre as diretrizes para a elaboração do projeto, estão ainda, a promoção de uma melhor interface entre os espaços de uso privado e público no tratamento dos passeios, e a valorização dos elementos naturais e paisagísticos. Além disso busca-se efetivar os espaços de convívio e permanência, qualificando as relações de uso do espaço e garantindo a vitalidade urbana.

Premiação

Os valores destinados à premiação do concurso serão de R$ 25 mil para o primeiro, 15mil para o segundo e R$ 5 mil para o terceiro colocado. O valor bruto do contrato a ser firmado entre a Prefeitura de Conde e a pessoa jurídica indicada pelo responsável técnico do Projeto vencedor é de R$ 146.028,91.

O projeto vencedor do concurso deverá promover a integração da área com o entorno por meio da continuidade de caminhos para o fluxo de pessoas e veículos motorizados ou não, buscando aperfeiçoar o sistema de circulação estimulando a mobilidade ativa a partir do compartilhamento de vias, criação de ciclovias e passeios públicos, de modo a oferecer conforto e segurança aos usuários.

Resultado

O resultado final será divulgado no dia 22 de outubro. Os projetos escolhidos passarão pela avaliação do júri técnico, formado pelos Arquitetos(as) e Urbanistas Gilson Paranhos (DF), Zeca Brandão (PE), Aida Pontes (PB) e Raissa Monteiro (PB). Também participa da avaliação um representante popular (Antônio Hermínio – Toinho do Quiosque), que foi escolhido pela população, durante a oficina realizada pela Secretaria de Planejamento, para consultar os moradores, sobre as melhorias que deveriam ser realizadas no local.

Notícias mais lidas