Início Geral

Conde estaria sob retaliação por Tatiana não ter sido eleita; prefeitura nega

Moradores do município do Conde, na Grande João Pessoa, disseram ao Portal Correio que a administração municipal estaria promovendo retaliação e teria retirado de circulação ônibus que transportam estudantes universitários para a Capital. A ação teria começado na segunda-feira (3), após o resultado das eleições do domingo (2), quando a prefeita Tatiana Corrêa perdeu para a candidata adversária Márcia Lucena (PSB).

Leia também: Nova prefeita aposta em três frentes para ‘alavancar’ Conde

De acordo com os moradores, estudantes de faculdades e universidades públicas e privadas estariam prejudicados pela falta dos ônibus, já que boa parte deles não possuem condições para custear transporte particular para a Capital.

“Os ônibus estão parados desde a segunda-feira, sem justificativa. Acreditamos que isso é retaliação por causa do resultado das eleições, já que a maioria dos estudantes estava apoiando outros candidatos”, afirmou um dos moradores.

Em contato com o Portal Correio, a assessoria de comunicação da prefeitura negou que haja algum tipo de retaliação e afirmou que a paralisação dos ônibus foi informada aos estudantes, já que os veículos precisam passar por manutenção a cada seis meses.

“Os ônibus entraram em manutenção periódica, que é feita a cada seis meses. Isso já havia sido comunicado a eles. Não existe retaliação por parte da prefeitura. Não temos como fazer a manutenção em outra época, já que rodar com o veículo sem manutenção pode causar acidentes. Preferimos evitar riscos”, afirmou a assessoria.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.