Início Geral

Condomínios de JP pagam até R$ 30 mil de água por falta de leitura nos hidrômetros

Moradores de condomínios localizados nos conjuntos Nice Oliveira (no bairro de Paratibe), Vista Alegre II (Gramame) e Vieira Diniz III (Jardim Veneza) estão tento que juntar dinheiro para pagar até R$ 30 mil em fatura mensal de água por conta de problemas com a leitura dos hidrômetros da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). Comente no fim da matéria.


Leia mais Notícias no Portal Correio


Segundo a Defensoria Pública do Estado, 3.816 famílias estão sendo prejudicadas pelo problema, sendo que muitas não possuem condições para participar do ‘racha’ entre os condôminos para o pagamento das faturas.

“Em alguns conjuntos, já existe hoje um grave problema: o condomínio está com dois ou três meses de atraso de pagamento à Cagepa, com valores que variam de R$ 17 a R$ 30 mil. Há uma dificuldade enorme de arrecadar o dinheiro com os condôminos porque tem família lá que não tem dinheiro nem sequer para comer”, disse o defensor público Dirceu Abimael.

Um dos problemas para o alto valor das contas, segundo a Defensoria, é a falta de acesso dos leituristas da Cagepa aos hidrômetros, que estão instalados em locais cercados por muros ou trancados por portas onde apenas os moradores possuem as chaves.

Ainda segundo a Defensoria Pública, a Cagepa foi oficializada para que cadastre famílias vulneráveis no programa da tarifa social. Além disso, reformas nos condomínios estão sendo avaliadas para reposicionamento dos hidrômetros.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.