Início Geral

Confronto dos grandes

Exatos 500 dias após receber o apoio do PMDB, articulado pelo candidato derrotado ao governo, Vital do Rêgo, o que foi decisivo para a sua vitória no 2°, o governador Ricardo Coutinho lançou um concorrente contra Venezino Vital do Rêgo em Campina Grande: Adriano Galdino, a quem saudou como “futuro prefeito” e o candidato que acabará com a “gangorra” que alterna no poder PSDB e PMDB.

Foi a resposta de Ricardo à decisão do PMDB de não impor ao Diretório de João Pessoa uma aliança em torno do candidato do PSB, João Azevedo. O partido presidido pelo senador José Maranhão confirmou candidatura própria e lançou o deputado Manoel Júnior.

A decisão do PSB não impediu Veneziano de comparecer a evento de Ricardo, ontem, em Campina, quando autorizou a pavimentação da avenida João Suassuna, orçada em R% 1,8 milhão e para a qual o peemedebista destinou emenda de R$ 1,5 milhão, não mencionada.

Veneziano tentou não externar mágoa, mas deixou claro que se o apoio em 2014 não foi condicionado a uma retribuição em 2016, de lá para cá teve conversas com Ricardo que interpretou como compromisso de união em torno de sua candidatura.

Avaliou que o seu papel no 2° turno de 2014 foi “muito importante e decisivo”. E foi mesmo. Ele tinha sido eleito o deputado mais votado de Campina e saiu às ruas pedindo votos contra o candidato a governador da terra, Cássio Cunha Lima. O resultado do 2° turno mostrou que esse apoio acrescentou 7,58 pontos percentuais a Ricardo na cidade.

A reação termina aí. Mesmo admitindo que soube da confirmação de Adriano Galdino pela imprensa, o peemedebista desejou uma relação amistosa durante a campanha e admitiu união dos dois partidos no 2° turno, seja quem for o finalista.

Pelo tom de Ricardo no evento realizado sábado para apresentar os 157 candidatos a prefeitos do partido, dificilmente haverá tratamento especial se Adriano mostrar chances de chegar ao 2° turno:“O PSB tem interesse de oferecer ao povo de Campina Grande uma alternativa que possa superar essa espécie de gangorra existente há muito tempo”.

O certo é que a entrada do PSB pode mudar planos em Campina. Ricardo só joga para ganhar e PMDB e PSDB não querem perder.

Torpedo

“Não tenho razões para deixar o PMDB. Penso que não seria estratégico. Construí com meus companheiros um trato amistoso e superamos as dificuldades”.

Do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo revelando que recusou convite do PSB e ficará no PMDB.

Em família

Marido e mulher serão candidatos a prefeito em cidades vizinhas. O deputado Adriano Galdino vai disputar em Campina, e sua mulher, Eliane Galdino foi confirmada no encontro do PSB para concorrer em Pocinhos.

Canto da Sereia

Adriano já tem discurso: vai prometer instalar em Campina o modelo administrativo que Ricardo Coutinho levou para o Estado. E vai dizer que “um filho do povo pode fazer mais por aqueles que mais precisam”.

Unanimidade

O PTB de João Pessoa confirmou a candidatura a prefeito do deputado Wilson Filho e anunciou Raoni Mendes como coordenador de sua campanha, enquanto o ex-deputado Major Fábio assumirá a proporcional.

Fechamento

O TRE concluiu o julgamento da denominada Aije Fiscal, confirmando parecer do MPE e rejeitando acusação de crime eleitoral contra Ricardo Coutinho. Na quinta será julgado pelo TCE. Em pauta, as contas de 2014.

Zigue-Zague

A 23ª fase da Lava Jato mira o coração da presidente Dilma: o marqueteiro João Santana, que fez suas campanhas e revisa até os seus discursos.

Ele e a mulher, Mônica, estão com prisão temporária decretada. A PF diz ter fortes indícios de que receberam dinheiro sabendo de sua “origem espúria”.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.