Início Notícias

Confusão envolvendo juiz e manifestante vira caso de polícia; vídeo

Uma confusão envolvendo um juiz e um manifestante virou caso de polícia. O juiz Agílio Tomaz Marques, da 5ª Vara da Comarca de São João do Rio do Peixe, município localizado no Sertão da Paraíba, aparece em um vídeo, que circula nas redes sociais, aparentemente agredindo um manifestante em um bloqueio na altura da cidade de Marizópolis-PB. Assista ao vídeo abaixo. A Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) manifestou apoio ao juiz e disse que houve manipulação na gravação do vídeo.

Após a discussão, o juiz teria dado voz de prisão ao militante, que protestava contra a alta recorrente de preços do óleo diesel e da gasolina.

O militante de 35 anos foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Sousa, onde está detido e aguarda a chegada do magistrado para ser liberado, após prestar esclarecimentos. A Polícia Civil informou que o manifestante vai responder por desacato à autoridade.

Associação dos Magistrados da Paraíba emite nota 

Em nota oficial, a Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) manifestou apoio ao juiz Agílio Tomaz Marques. Segundo a nota, apenas uma parte do ocorrido foi filmada, “o que impõe justeza e serenidade nas avaliações a seu respeito, a fim de que não se exponha à execração pública um magistrado cujo histórico profissional é irrepreensível”, diz trecho da nota.

Segundo a nota, no caso noticiado pela imprensa, o magistrado deu sua versão e disse que ao trafegar rodovia, nas imediações do município de Marizopolis, deparou-se com bloqueio e reduziu a velocidade. Nesse momento, o homem identificado no vídeo lançou o capacete contra o veículo do juiz, danificando o retrovisor.

“Entretanto, ao ser questionado como seria ressarcido do prejuízo, o indivíduo empurrou o juiz e o ameaçou. Após esse fato é que foi dado voz de prisão ao agressor”, disse a nota.

A nota explica ainda que “o cumprimento da ordem foi realizado por policiais militares, ante inclusive a recusa de cumprimento por militares do exército, e o indivíduo, depois de resistência, foi encaminhado à delegacia, a fim de ser autuado em flagrante em relação aos crimes praticados”.

“Para a AMPB é importante apurar a situação levando-se em consideração os fatos em sua inteireza, assim como a comoção gerada no calor do incidente”, finaliza a nota.

Assista ao vídeo abaixo:

*Atualizada para incluir a nota da AMPB

Comentários

  • Ailton Paulo de Souza disse:

    Não aconteceu desacato, pois o magistrado não estava a serviço do Estado, portanto, como estava em viagem fora das suas funções, deve ser o caso tratado como uma discussão entre particulares, e não como um agente público. Houve abuso de poder, isso sim.

  • Luis cesar lopes disse:

    Esse juiz ele tem gasolina paga pelo povo e salario que ele ganha e as mordomias que classse tem toda bancada pelos cidadão. Quem deveria se presos são essas que rouba a população.

  • Marconi Lucena disse:

    A corja da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) emitiu nota defendendo o “juizeco” prepotente que agrediu o manifestante… e que acha que é deus por ser juiz

  • fernando disse:

    SERÁ QUE A ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS ESTÁ CORRETA? PELO MENOS NO VÍDEO QUEM FOI AGREDIDO, E CHAMADO DE LADRÃO FOI O MANIFESTANTE.

  • Paulo Eduardo disse:

    Evidente que o corporativismo fala mais alto neste lamentável incidente no qual há, claramente, um execrável abuso de autoridade.

  • Vanessa disse:

    Caso seja como o juiz alega a gravação mostra agressão por parte dele empurrando o rapaz fica aí um questionamento se realmente os fatos relatados por ele são realmente 100% verídico e assim como ele alega se agredido o rapaz também foi como esse juiz respondeu agressão ao manifestante ?

  • Moises Silva disse:

    Excelentíssimo Juiz. Prenda bandidos, declare guerra ao os marginais. Denigrir o cidadão é moleza.

  • Alexandre Gonçalves disse:

    O ABUSO DE PODER PELAS PESSOAS QUE SE PREVALECE DA SUA AUTORIDADE QUE TEM, ESTÁ EM TODAS OS SETORES DA JUSTIÇA, TEM QUE ACABAR COM OS FOROS PRIVILEGIADOS DE TODAS AS AUTORIDADES DO BRASIL,.
    ESSE JUIZ TEM QUE SER AFASTADO, ESTÁ NA CARA QUE ESSE JUIZ NÃO TEM RESPEITO POR NINGUÉM
    A ONDE ESTÁ O GRUPO DE DIREITOS HUMANOS PARA DENUNCIAR ESSE JUIZ NO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA ?

  • Walmir. disse:

    UM JUIZ TODO ERRADO!. DESEQUILIBRADO E QUERENDO SER UM DEUS,AGREDINDO POPULARES NAS RUAS. DEVERIA SER PRESO E PUNIDO PELO TRIBUNAL!. UM MAU EXEMPLOOOOOOOOO!!.

  • Jose Ribeiro disse:

    Esses pseudos magistrados são poços de arrogância e de desinteligência e assim o são por força de CNJ inoperante e tendencioso, tal como essa medíocre Associação. Que vergonha!. Vamos punir esse egoólotra e emocionalmente despreparado magistrado.

  • Julien1 disse:

    Complicado…

  • Dimas disse:

    Estranho… passo todo dia pelos bloqueios e ninguém me ataca. Será que foi assim mesmo?

  • Marcos Tadeu disse:

    Esse juiz tem que se orientar porque ele não é dono do mundo.

  • francisco rolim pinheiro disse:

    O caba que filmou, fique esperto, gravou e divulgou o video, tambem é crime..vem bomba depois.

  • Cristiano Amarante disse:

    E a agressão do Magistrado ao manifestante quando o empurra fica por isso mesmo, não é? Abuso de autoridade .

  • Edinaldo disse:

    ESTE EO SEGUNDO MAGISTRADO NO SERTÃO QUE DIR ENVOLVE EM PROBLEMAS

  • Robson disse:

    Isso é outra coisa que tem que o Brasil parar novamente, esses juízes com todo esse abuso de poder, porque está visível que o rapaz não fez nada.

  • Brito disse:

    Este cidadão juiz NÃO está acima da lei. Ele é um funcionário público e deve agir com prudência e sem colocar o cargo como escudo. Com a palavra o CNJ. Processo nesse juiz!

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.