Conselho de Ética aprova por 11 votos parecer pela cassação de Eduardo Cunha

17
COMPARTILHE

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados acaba de concluir o processo de análise do relatório do deputado Marcos Rogério (DEM-RO), votando pela cassação do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O placar ficou 11 votos favoráveis e 9 contrários. O paraibano Wellington Roberto (PR), único titular do estado no Conselho, votou contra a cassação de Cunha.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

A deputada Tia Eron (PRB-BA), de quem se esperava ser o voto decisivo, votou favorável ao relatório de Marcos Rogério. Outro que surpreendeu foi Waldmir Costa (SD-SP), que foi escalado pelos aliados de Cunha para defender o presidente afastado, mas acabou votando a favor do parecer pela cassação do mandato do peemedebista.

Cunha é acusado de quebra de decoro parlamentar por ter mentido à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, que não tinha contas no exterior.

Leia
mais notícias
em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no
Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar
informações à Redação
do Portal Correio pelo
WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas