Início Notícias

Coordenador de escola é afastado por suspeita de perseguição e assédio

O coordenador administrativo e financeiro da Escola Cidadã Integral Técnica (ECIT) João Goulart, em João Pessoa, foi afastado preventivamente das funções, nesta quinta-feira (10), sob suspeita de perseguição, má conduta, assédio moral e assédio sexual.

Segundo portaria publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), o servidor responde a processo administração na condição de investigado e a permanência dele na unidade de ensino poderia interferir na apuração dos fatos.

Conforme a decisão da Secretaria da Educação e da Ciência e Tecnologia, o coordenador ficará ausente da escola por 60 dias, sem prejuízo de remuneração. Caso seja necessário, o afastamento poderá ser prorrogado por igual período.

De acordo com o Governo do Estado, a denúncia ao coordenador administrativo e financeiro da ECIT João Goulart foi apresentada na última segunda-feira (7).

Coordenador de escola é investigado pelo Estado (Foto: Reprodução)

Comentários

  • Mariana silvano disse:

    Sou mãe de uma aluna,e por varias vezes em q eucprecisei de que o diretor davescola me ajudasse com algum problema ele simplismente me dava uma resposta fria,tipo’ se vire,problema seu ‘ e eu ficava sem ter uma resposta e varos alunos sao tratados desse mesma forma apenas os alunos do gremio tembum tratamento difetenciado,principslmente as alunas.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.