Corinthians perde e vê diferença cair para agora vice-líder Grêmio

38
COMPARTILHE

O Corinthians começou mal a conta de cinco vitórias para o título do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Fábio Carille perdeu por 2 a 0 para o Bahia na noite deste domingo (15), na Fonte Nova, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pior do que isso, viu a diferença para o agora vice-líder Grêmio cair para nove pontos.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

A coisa pode ficar ainda pior já que o hoje terceiro colocado Santos, com 48 pontos, dez a menos que o líder Corinthians, fecha a rodada nesta segunda-feira, contra o Vitória, no Pacaembu.

Já na 29ª rodada, o Corinthians tem pela frente uma das tantas ‘finais antecipadas’ do Brasileirão. A equipe enfrenta o Grêmio, no Itaquerão, em São Paulo, na quarta-feira (18). No dia seguinte, o Bahia encara o Flamengo, na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro.

Apesar da liderança isolada, o Timão não apresentou um futebol condizente. O time criou poucas chances de ataque e sofreu o golpe no segundo tempo. Depois de uma bobeira do lateral-direito Fágner, Edigar Junio deu um toque na bola e deixou para Vinícius encher o pé aos 26 minutos do segundo tempo.

O Corinthians então passou a viver a ansiedade do gol de empate para pelo menos diminuir o prejuízo e levou outro gol. Já nos acréscimos, Cássio foi para área, Marquinhos Gabriel errou o passe e o Bahia saiu em contra-ataque. A bola caiu nos pés de Régis que só empurrou para rede sem goleiro. A melhor chance criada havia sido ainda no primeiro tempo, com Jô de cabeça, que parou na mão direita do goleiro Jean.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas