Moeda: Clima: Marés:
Início Saúde

CRM-PB encontra irregularidades e interdita Unidade de Saúde da Família em João Pessoa

Segundo o CRM, USF apresenta ambientes insalubres, com mofo, calor e falta de privacidade, além de escassez de insumos, exames, equipamentos e segurança
CRM-PB
Foto: Divulgação/CRM-PB

O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente o trabalho dos médicos da Unidade de Saúde da Família (USF) Integrada Viver Bem, no bairro Treze de Maio, na Zona Norte de João Pessoa. Em fiscalização realizada nessa terça-feira (26), o Conselho constatou condições precárias de funcionamento, com problemas de infraestrutura e escassez de insumos, dentre outras irregularidades.

Conforme a equipe de fiscalização do CRM-PB, a situação da USF está pior que o observado nas fiscalizações anteriores e as inconformidades apresentadas em relatórios passados não foram sanadas.

“A unidade apresenta diversas inconformidades que comprometem o ato médico, com ambientes insalubres e falta de exames e equipamentos básicos, como termômetro e estetoscópio. Também não há lençóis para as macas, sabão e papel toalha. Infelizmente, tivemos que fazer a interdição ética dos médicos para que a população tenha condições mínimas para um atendimento digno e os profissionais tenham a estrutura necessária para trabalhar”, afirmou o diretor de fiscalização do CRM-PB, Bruno Leandro de Souza.

Também foi constado que os consultórios médicos funcionam de forma improvisada, com os médicos tendo que atender nas salas de enfermagem e de odontologia, utilizando cadeiras odontológicas como maca, ou atendendo em uma sala e examinando em outra.

Outros problemas encontrados foram: lavatórios para as mãos não funcionam ou não têm insumos (sabão, papel toalha); lâmpadas queimadas; portas que não fecham, comprometendo a privacidade do paciente; infiltrações e mofo nos consultórios médicos, nas salas de enfermagem, nas de curativo, de observação e na farmácia.

Há ainda relatos de situações de ameaça à integridade física dos profissionais e do patrimônio, já que não há serviço de segurança na unidade.

Ensino médico

A USF Integrada Viver Bem possui quatro equipes de saúde e funciona como Unidade Escola, com campo de práticas para a Faculdade de Ciências Médicas para alunos da graduação e pós-graduação em Medicina da Família e Comunidade. Desta forma, segundo o CRM-PB, por se tratar de unidade onde o aluno de Medicina e o médico residente estão em processo de formação, a falta de condições para o cuidado dos pacientes pode prejudicar o aprendizado e incorrer em faltas éticas futuras.

O que diz a gestão municipal

A Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa (SMS-JP) encaminhou uma nota ao Portal Correio através da qual informa que está ciente da interdição da USF Integrada Viver Bem e já está tomando todas as medidas necessárias para garantir a assistência aos usuários e restabelecer o atendimento da unidade. 

Conforme a nota, enquanto os reparos estruturais são concluídos, a população que necessitar de atendimento pode se dirigir às USFs Alto do Céu Integrada e Roger 1 e 2. 

Palavras Chave

Saúde

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.