Início Futebol

CSP acusa jogador do Botafogo-PB de fraudar nome e idade para atuar no Sub 19

Representante do CSP, Josivaldo Alves, confirmou ter entrado com um protesto junto ao Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba, nesta segunda-feira (16)
CSP e Botafogo-PB em campo (Foto: Divulgação)

A primeira fase do Campeonato Paraibano Sub 19 já terminou, mas a Federação Paraibana de Futebol pode depender da Justiça Desportiva para prosseguir com a segunda parte do certame. O CSP formulou uma denúncia acusando o Botafogo da Paraíba de ter utilizado um jogador irregular na competição.  

O representante do CSP, Josivaldo Alves, confirmou ter entrado com um protesto junto ao Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba, nesta segunda-feira (16), alegando que o Botafogo-PB atuou na competição de maneira irregular, escalando um jogador com idade acima da recomendada na categoria.

De acordo com a documentação relacionada pelo CSP, o atleta pode ter usado dois nomes e chegou ao Botafogo por empréstimo neste ano, no dia 14 de junho de 2021, tendo como clube anterior o Horizonte-CE. O vínculo com o Botafogo teria vigor até o dia 8 de junho de 2024.

Mas depois que a diretoria do Botafogo tomou conhecimento da possível irregularidade, e da denúncia que seria feita pelo CSP, resolveu rescindir o contrato do atleta. Pela denúncia, o atleta teria utilizado dois nomes, o primeiro como Silas Patrício Pereira, nascido no dia 2 de junho de 2002, em Caucaia-CE.

Mas o CSP, através da denúncia, afirma ter descoberto que o jogador também chegou a utilizar o nome de Silas Maciel Pereira Junior, também nascido no dia 2 de junho de 1999, na cidade de Fortaleza. Caso seja confirmada a irregularidade, o CSP espera ficar com a vaga na próxima fase do Sub 19.

“O CSP fez sua parte fazendo o ocorrido. Agora vamos esperar que o Tribunal tome uma posição, paralisando ou não a competição. Mas eu acho que não tem como não suspender o Campeonato momentaneamente”, afirmou o dirigente do clube denunciante.

Resultados e classificados

Depois dos resultados no fim de semana, na última rodada da fase classificatória, os classificados para a próxima fase foram Treze, Perilima, Paraíba de Itaporanga, Nacional de Patos, Confiança de Sapé, Internacional de Santa Rita, Miramar de Cabedelo e Botafogo.

Segundo o regulamento da competição, a próxima fase com jogos programados na tabela, o Treze terá como adversário o Nacional de Patos. A Perilima vai encarar o Paraíba. O Confiança terá pela frente o Miramar. O Internacional terá o Botafogo como adversário.  

FPF garante o Botafogo

O diretor do Departamento de Competições de Futebol Masculino da Federação Paraibana de Futebol, Gustavo Trindade, afirmou que por enquanto a competição terá prosseguimento no próximo fim de semana, com o Botafogo garantido na próxima fase.  

“Isso é com o Tribunal de Justiça Desportiva. A rodada fica mantida para o fim de semana. Até o presente momento, com Botafogo e Miramar classificados na chave do litoral. Se durante a semana houver decisões no tribunal que altere isso, iremos cumprir”, disse o diretor da FPF.

Botafogo afasta o jogador

O presidente do Botafogo-PB, Alexandre Cavalcanti, afirmou que dispensou o jogador. “O Botafogo Futebol Clube reforça que o atleta, em sua chegada ao clube, apresentou toda a documentação compatível para que pudesse ser inscrito na categoria Sub-19”, disse o clube. O clube disse que foi pego de surpresa com a denúncia e caso ela seja confirmada, o time entende que também foi vítima.

“Por fim, o clube com mais títulos do futebol estadual, uma instituição de quase 90 anos de serviços prestados ao desporto paraibano, berço de diversos jogadores que saíram da Paraíba para conquistar os campos do Brasil, reforça que não compactua com quaisquer irregularidades. “O Botafogo Futebol Clube espera que a denúncia seja apurada e o fato esclarecido”.

Palavras Chave

Futebol
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.