Dana White revela que UFC quer uma revanche entre Anderson Silva e Vitor Belfort

18
COMPARTILHE

Anderson Silva e Vitor Belfort podem voltar a se enfrentar no octógono e realizar o confronto mais esperado do UFC em 2016. Quem garante é Dana White, presidente do Ultimate.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Em um bate-papo ao podcast do comentarista Joe Rogan, gravado no avião enquanto os dois viajavam da Austrália para os Estados Unidos, o chefão da organização ouviu de seu companheiro de que gostaria de ver uma revanche entre os brasileiros e perguntou se esse embate era possível de acontecer. Direto, o mandatário respondeu que todo trabalho está sendo feito para promover a segunda luta entre eles. “Eu não sei, mas eu não discordo de você, nós estamos trabalhando nisso, essa é ‘a luta'”, respondeu Dana.

Com a resposta positiva, Rogan deu sequência aos questionamentos e perguntou se Dana acha que Belfort aceitaria o duelo contra Spider. White, logo após dizer que sim, não mencionou quando ou onde o combate aconteceria, mas deixou em aberto a possibilidade do evento acontecer em um estádio.

Atualmente longe do octógono, Anderson Silva cumpre suspensão de um ano por ter testado positivo para duas substâncias proibidas em exames antidoping antes e depois do UFC 183, em 31 de janeiro. Ou seja, só poderá retornar aos combates no ano que vem. Enquanto que Vitor Belfort vem de vitória sobre Dan Henderson no UFC São Paulo, em 07 de novembro, e está em alta novamente em sua categoria.

Lembrando que Anderson Silva e Vitor Belfort se enfrentaram pela primeira vez em 2011, na luta principal do UFC 126, em Las Vegas. No combate, Anderson Silva acertou um belo chute frontal no rosto de Vitor Belfort, que desabou. A imagem entrou para a história do esporte. Além do prêmio de Nocaute da Noite, Anderson também faturou o de Nocaute do Ano pelo feito.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas