defensoria-publica-da-pb-participa-de-acao-contra-as-drogas-em-escolas-de-araruna
Educação na Paraíba ficou abaixo da médica nacional (Divulgação)

Defensoria Pública da PB participa de ação contra as drogas em escolas de Araruna

Instituição foi representada pelo defensor público Filipe Pinheiro Mendes, que é titular de Cacimba de Dentro com atuação na 2ª Vara Mista de Araruna

36
COMPARTILHE

A Defensoria Pública da Paraíba (DPPB) se aliou à Associação de Formação e Incentivo para o Nordeste Karente (Afink) para promover debates em escolas de Araruna, município localizado no Curimataú paraibano, sobre prevenção ao uso de drogas. A instituição foi representada pelo defensor público Filipe Pinheiro Mendes, que é titular de Cacimba de Dentro com atuação na 2ª Vara Mista de Araruna.

Ao todo, a ação envolveu cerca de 200 alunos de duas escolas da cidade. Na terça-feira (3), o encontro ocorreu na Escola Municipal de Ensino Fundamental João Alves Torres. Já na quarta-feira (4), a palestra foi ministrada na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Benjamim Maranhão.

Segundo o defensor público Filipe Pinheiro, o evento foi uma oportunidade para difundir entre os adolescentes as consequências jurídicas mais comuns relacionadas ao uso e comercialização de drogas, tratando de causas, efeitos e penalidades. “Adotamos uma abordagem para além do discurso moralista, que vê o usuário como um criminoso ou uma pessoa marginalizada, explica.

Ele lembra que o modelo clássico de combate às drogas é um fracasso em nível mundial. “Devemos, por isso, concentrar nossas energias na prevenção por meio da conscientização, e este é o maior desafio, pois não basta mostrar para o jovem o mal causado pelas drogas. É preciso fazê-lo acreditar”, argumenta o defensor público.

Conscientização 

As atividades de prevenção ao uso de drogas integram a programação do Projeto P.A.R.E. (Prevenção, Ajuda e Reabilitação de usuários de Entorpecentes), desenvolvido pela organização não-governamental Afink de Araruna. O trabalho, que contempla estudantes, educadores e pais de alunos das regiões do Brejo e Curimataú paraibano, é realizado em parceria com as secretarias de Educação, Ação Social e Saúde.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas