Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Delegado é vítima de ‘clonagem do WhatsApp’ no Agreste

O delegado seccional de Polícia Civil na Paraíba, Iasley Almeida, teve o número do telefone clonado durante essa terça-feira (20). A informação foi repassada pela Polícia Civil, sendo relatado que, após a clonagem, criminosos estariam utilizando o contato do policial para solicitar dinheiro para a lista telefônica dele.

O delegado é responsável pela região de Queimadas, no Agreste da Paraíba. A Polícia ainda informou que o golpe ocorre por meio do aplicativo do WhatsApp, pelo qual os golpistas se passam pelo proprietário do número, na tentativa de extorquir familiares e amigos da vítima.

Ainda conforme a polícia, esse tipo de golpe vem sendo recorrente. No dia 7 de agosto, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, também prestou boletim de ocorrência alegando ter sido vítima do mesmo golpe. O delegado da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa, Marcos Vasconcelos, já havia feito um alerta após quatro pessoas terem sido vítimas na Capital.

Em junho deste ano, um levantamento da empresa de cibersegurança, Kaspersky Lab, revelou que o golpe já foi aplicado em pelo menos cinco mil vítimas no Brasil e recomendou a utilização de serviços de autenticação por aplicativo móvel ou token físico para evitar ser vítima do golpe.

Até o fechamento desta matéria, nenhum suspeito pelo crime relacionado ao delegado foi preso. O caso segue sendo investigado.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.