Início Geral

Delegado que estaria bêbado é gravado desacatando PMs na PB; ele se desculpou

Um delegado da Polícia Civil da Paraíba teve a arma apreendida, nessa semana, por estar aparentemente embriagado, no município de Patos, no Sertão paraibano, a 317 km de João Pessoa. Conforme vídeo que chegou ao WhatsApp do Portal Correio 9 9130-5078, na delegacia, ele desacatou policiais militares e tentou recuperar a arma. Nas redes sociais, ele admitiu o erro e pediu desculpas. Assista abaixo ao vídeo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

No vídeo, o delegado não se conforma por ter a arma apreendida e tenta tê-la de volta. Ainda no vídeo, o delegado xinga os policiais e precisou ser contido por amigos. Pouco tempo depois do ocorrido, o delegado foi às redes sociais e pediu desculpas pelo que classificou como “cena vergonhosa” protagonizada por conta da bebida alcoólica.

“Estou passando por um momento difícil na minha vida. Estou muito triste com tudo isso, pois coloquei muita gente nessa situação que não merecia [sic]. Todos sabem do meu comprometimento com minha função, com meu cargo de Delegado de Polícia Civil. Todos que conhecem minha conduta sabem que aquele realmente não era eu, mas sim, ali estava uma pessoa que procurou um subterfúgio para afogar problemas”, afirmou o delegado.

Ainda na publicação, o delegado garantiu que está procurando ajuda para superar os problemas. “Pensei muito sobre o fato e sobre outras situações e estou procurando ajuda no Grande Criador para superar todas as intempéries. O homem de verdade é aquele que reconhece seus erros e humildemente mostra-se arrependido e é isto que minha alma pede”, concluiu o delegado.

Veja a explicação do delegado, postada no Facebook.

 

Ele pediu desculpas no Facebook

Foto: Ele pediu desculpas no Facebook
Créditos: Reprodução 

Assista ao vídeo compartilhado nas redes sociais e enviado ao WhatsApp do Portal Correio.

Você pode participar pelo WhatsApp do Portal Correio

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.