Deputados aprovam projeto que classifica Bananeiras como Município de Interesse Turístico

Com a classificação, o município tem mais possibilidades de receber recursos para investir no turismo
Tovar Correia Lima foi o autor do projeto de lei (Foto: Divulgação)

Conhecida pela sua paisagem serrana e seu clima agradável durante boa parte do ano, Bananeiras que tem atraído cada vez mais turistas pode ser classificado como Município de Interesse Turístico. É que os deputados estaduais aprovaram nessa terça-feira (14), durante sessão ordinária, o projeto de Lei 2.193/20, de autoria do deputado Tovar Correia Lima (PSDB), que classifica o município como sendo de Interesse Turístico. 
 
Com a classificação, o município tem mais possibilidades de receber recursos para investir no turismo, ampliando a geração de emprego e renda para a região.
 
“Além do clima mais ameno, o município oferece ainda muitos atrativos, como o turismo rural, visitas a cachoeiras, engenhos que produzem cachaça, um interessante túnel, trilhas, rapel, sítios arqueológicos, um conjunto arquitetônico de casarios preservado, uma belíssima igreja, comidas típicas da região, bons restaurantes e a famosa e concorrida festa de São João, em junho, que atrai milhares de turistas para a cidade. Por essas riquezas naturais e gastronômicas apresentamos esse projeto para que o município seja classificado como de Interesse Turístico”, destacou o deputado.
 
Além disso, Tovar lembra que o município de Bananeiras é uma das cidades que compõem a Rota Cultural Caminhos do Frio na Paraíba, oferecendo aos visitantes, durante os meses de julho a setembro, uma ampla programação cultural.

História

Bananeiras está localizada no estado da Paraíba e, segundo estimativa do IBGE/2020, possui 21.269 habitantes e uma área de 255,641 km². Situado na Serra da Borborema, região do Brejo paraibano, a 141 km de João Pessoa e a 70 km de Campina Grande, o município foi fundado em 16 de outubro de 1879.

A Resolução do Conselho do Governo datada de 9 de maio de 1833 criou o Município de Bananeiras, verificando-se sua instalação em 10 de outubro do mesmo ano. O distrito foi criado pela Lei provincial n.º 5. de 26 de maio de 1835. A Lei provincial n.º 690, de 16 de outubro de 1879, concedeu foros de cidade à sede municipal.
 
A região foi no início produtora de cana-de-açúcar e depois de café. Em 1852, a produção cafeeira chegou a ser a maior da Paraíba e a segunda do Nordeste. Isto tornou a cidade uma das mais ricas da região, riqueza esta expressa na arquitetura de seus casarões.

Palavras Chave

Informe Legislativo

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.