Deputados aproveitam recesso e visitam bases visando ?s elei??es

13
COMPARTILHE

As atividades na Assembleia Legislativa da Paraíba só retomam a sua normalidade no início de fevereiro, quando termina o recesso parlamentar. Neste período de férias os deputados estaduais estão aproveitando para visitar suas bases eleitorais já pensando no pleito municipal deste ano.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

O líder do Governo na Casa Epitácio Pessoa, Hervázio Bezerra (PSB), contou que tirou dez dias para descansar, mas também admitiu que usa o recesso para visitar as cidades que ele é engajado politicamente já com vistas para as eleições. “Eu tirei dez dias para dar uma descansada. Logo que tivemos o recesso na Assembleia, eu continuei visitando as minhas bases, aonde os prefeitos me apoiaram e, óbvio, procurando apoiar alguns pleitos nestas prefeituras”, contou em entrevista ao Programa Correio Debate, da Rede Correio Sat.

A mesma linha segue o líder da oposição na ALPB, Renato Gadelha (PSC), de visitar as bases e ele não esconde o objetivo de dar início as campanhas nas pequenas cidades. “Eu tenho viajado com muita frequência Sousa e de lá desço para as cidades por elas polarizada, visitando meus candidatos a prefeito e também os pretensos candidatos a vereador. Estamos organizando os diretórios para que a gente entre no ano de 2016 em plena campanha com todas as cidades com seus candidatos organizados”, disse.

Já o deputado Zé Paulo afirmou que está gastando suas férias para continuar trabalhando. “Estava saindo agora do Centro Administrativo da Secretaria de Educação. Meu recesso é trabalhando”, declarou.

O deputado Doda de Tião também garantiu que continua exercendo atividades parlamentares, mas destacou que distribui o tempo com visitas as bases eleitorais. “Eu não paro, quando não estou em João Pessoa na Assembleia, eu estou aqui nas minhas bases, sempre que tem qualquer evento ou reivindicação do pessoal, eu estou aqui junto as minhas bases dando assistência”, afirmou.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas