Início Notícias

Descumprir isolamento na PB pode resultar em prisão

A Polícia Militar iniciou, na noite dessa quinta-feira (30), a Operação Trabalhador, que tem o objetivo de reforçar a segurança em todo o estado e combater descumprimento do isolamento até a madrugada da próxima segunda-feira (4). Para o período, a corporação mobiliza um total de 3.226 policiais e 887 viaturas, que vão atuar no combate aos crimes contra a vida, contra o patrimônio, tráfico de drogas e atividades de prevenção do novo coronavírus.

Em entrevista à TV Correio nesta sexta (1°), o coronel da Polícia Militar Júlio César informou que a PM vai orientar quem descumprir as medidas de isolamento, provocando aglomeração de pessoas, para que respeitem o distanciamento social, mas se houver contrariedade, os responsáveis serão penalizados e possivelmente presos.

Para denunciar casos de aglomeração de pessoas, a polícia orienta que basta ligar para o Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), 190.

Para essa primeira noite de operação, coordenada pelo comandante-geral da PM, coronel Euller Chaves, foram empregados mais de 1 mil policiais e 393 viaturas. Na Região Metropolitana de João Pessoa, foram 305 policiais e 106 viaturas. Na região de Campina Grande, Brejo e Cariri o reforço foi de 309 policiais e 125 viaturas. No Sertão, 392 policiais e 162 viaturas fizeram parte do planejamento para essa quinta-feira.

O feriado de 1º de maio terá uma atenção especial principalmente no litoral paraibano, para prevenir os crimes e também evitar o descumprimento das medidas previstas no decreto estadual de enfrentamento ao novo coronavírus.

O plano de atuação da operação vai atender 166 cidades, com uma média diária de mais de 800 profissionais e 222 viaturas reforçando a segurança com barreiras policiais, ocupações de locais estratégicos, incursões e outras atividades, além das fiscalizações relacionadas à prevenção do contágio do covid-19.

Comentários

  • Carlos disse:

    Isso é só política pois está beirando uma eleição, você que critica o policial não têm coragem de criticar o seu governo pois o mesmo não está nem aí para o povo é sim com sua popularidade.

  • Carlos disse:

    Quero dizer ao nobre quê comentou contra à polícia ,os mesmos cumprem ordens, porque não vão em cima dos governantes quê estão preocupados com o dinheiro quê vêm.

  • ROMULO RIBEIRO disse:

    Porque não vão atrás dos bandidos, que estão roubando por aí? Prender cidadão de bem, só porque está na rua, é ilegal, não existe decretação de estado de sítio no país, portanto, não pode prender!

  • Denise Salles disse:

    Pq não vão dá uma voltinha no supermercado Bemais da Josefa Taveira Em Mangabeira?

  • Alex disse:

    Então vão ter que prender todos que estão nas filas das caixas econômica e lotéricas.

  • Eduardo disse:

    Concordo, mas primeiro tem que cobrar de mercados e agências bancárias.

  • DOGIVAL BARBOSA TAVARES disse:

    Porque não vão ver as filas dentro do supermercado Pão de açúcar.

  • Joaquim Nabuco disse:

    Se qualquer viatura prender um familiar meu por estar na rua pode se preparar para responder por abuso de autoridade. Eu gasto todo o dinheiro e todo meu patrimônio mas eu boto a guarnição na cadeia! E ainda processo o comandante que determinar.

    • Felipe disse:

      Apoiado ! Se algum vereador/deputado/juiz/senador ler isso, acho um crime prender quem sair a rua. É coibir o direito de ir e vir. Acho que a pena podemser menor, a simples perda do direito a um respirador caso precisar basta. Ser burro e ignorante é um direito de todo cidadão desde que assuma as consequencias de seus erros.

    • Wellingtonly disse:

      Já vi que vc não leu nada, e se lei não entendeu. A prisão será a última opção mediante alguém que esteja causando aglomerações. A PM não vai prender alguém por está caminhando na rua. Preta atenção.

  • Antônio Tadeu disse:

    Parabéns pela iniciativa. Só assim, infelizmente, a população irá se conscientizar que a situação é grave!

  • Ana disse:

    E isso ai!! Tem e que mete o pau nesse povo mesmo, aqui em Patos na Paraiba..e uma putaria esse povo tudo sentado nas porta de casa um cuspindo na cara do outro. Fora esse bando de bebado que fica com o som dos carros ligados achando que todo mundo tem que ficar ouvindo essas musicas de merda deles!! Etudo junto cuspindo um na cara do outro. A Policia esta de parabens…

  • Itamaraty disse:

    medidas apenas fantasiosas para mostrar a populaçao q faz alguma coisa. quero ver se vao prender mendigos q moram nas ruas.

  • Wesley disse:

    Acho que esqueceram de ler a lei de abuso de autoridade.

  • Pablo disse:

    Basta dar uma volta na orla de João Pessoa. Geralmente tem muita gente no período de final de tarde e início de noite.

  • taty disse:

    Não há forma com essa politica de isolamento de oferecer alternativas pro cidadão deixar suas contas em dia, nem segurança q não terá sua agua ou luz cortada por atraso em pagamento.
    As ruas do centro de joão pessoa vazia com pouco policiamento deixa as coisas mais faceis para bandidos invadirem comercio, ou atacar um cidadão que foi ao centro pra pegar seu auxilio/salario ou realizar seu pagamento.
    isso q estamos vivento é sim uma ditadura, onde o cidadão não pode ir ou vir, fazer o que precisa ou ter os serviços que precisa.
    Se não quer q o virus se alastre incentive os cidadãos/comercio/bancos/lotericas a usarem mascara e alcool em gel sempre q sair. q fiquem a mais de 1 metro de distancia de outra pessoa.

  • Taty disse:

    Filas em lotericas podem ficar quilometricas pq o povo tem que pagar as contas ou retirar seu bolsa familia ou o pouco que tem no banco. Ficam com tanta gente proxima uma das outras numa fila de mais de 20 metros, e isso ja de 6 da manha e passa o dia todo assim.
    Se a pessoa precisar ir ao centro pq no bairro não tem o q ele precisa tem q pegar uber pq nao há onibus, e se houvesse seria frota reduzida pra todo mundo ficar amontoado como na loterica.
    Não há forma com essa politica de isolamento de oferecer alternativas pro cidadão deixar suas contas em dia, nem segurança q não terá sua agua ou luz cortada por atraso em pagamento.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.