Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Detentos comandavam tráfico e facção de dentro dos presídios

Mais uma vez a participação de presidiários comandando o tráfico de drogas e a facção Okaida RB foi confirmada através de uma operação policial promovida na manhã desta terça-feira (4) em João Pessoa. A ação resultou na prisão de 19 pessoas, entre elas diversos detentos de penitenciárias paraibanas.

Leia também: Operação prende 19 suspeitos de tráfico na Paraíba

Em entrevista coletiva, o delegado Braz Morroni, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa (DRE), contou que a investigação contra os suspeitos já vinha ocorrendo desde fevereiro.

O delegado também confirmou que lideres da Okaida RB comandavam o tráfico de drogas e boa parte das ações da facção de dentro dos presídios.

“No decorrer desses nove meses foram 16 prisões em flagrante de vários envolvidos com o tráfico. Observamos que alguns presidiários mantinham o controle de alguns grupos de dentro dos presídios. De ontem para hoje, em parceria com o Ministério Público e o Poder Judiciário, representamos pelas preventivas (dos suspeitos) e deflagramos a operação, cumprindo esses mandatos de prisão”, afirmou o delegado em entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat.

Megaoperação nacional

A Operação Hidra faz parte da megaoperação nacional realizada por Grupos de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaecos) de 15 estados. Além da Paraíba, acontecem ações em Alagoas, Pernambuco, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo, Tocantins, Roraima, Acre, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Ao todo, estariam sendo cumpridos mais de 450 mandados judiciais, entre busca e apreensão e prisão.

Comentários

Gilson de Castro disse:

Os presídios Brasileiros são os únicos lugares do mundo onde os celulares funcionam 100%. Há muitos anos que detentos comandam e nenhuma autoridade consegue acabar com essa farra. Por que será????

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.