Início Geral

Dever de casa

Quem me conhece sabe que não resisto a um ranking.

Consumo, com avidez, listagens que medem desempenhos.

E não importa o tema da pesquisa comparativa – o interesse é eclético, englobando desde indicadores econômicos até o rendimento do meu time no campeonato.

Em meio a essa garimpagem incessante, acabei me deparando semana passada com pesquisa medindo a piora dos indicadores fiscais dos municípios brasileiros – um fenômeno que não se conseguiu evitar mesmo com aporte de receitas extras, a exemplo do dinheiro repatriado.

A matéria, publicada no Valor Econômico, trazia lista que posicionava as perdas dos indicadores de déficits primários entre as capitais.

Não é preciso dizer que corri célere pela relação a procura de João Pessoa. E a encontrei – felizmente – posicionada como uma ilha de exceção em meio a um mar de resultados negativos, que vem aumentando o déficit entre receitas e despesas na maioria das principais cidades do País.

Enquanto boa parte das capitais acumulou déficit primário, aqui houve aumento de superávit – passando dos 98,1 milhões de reais medidos em 2015 pelo Tesouro Nacional para 166,2 milhões de reais registrados no ano passado.

Resultado, principalmente, do esforço empreendido para enxugar a folha funcional do município.

Sob o comando do prefeito Luciano Cartaxo, o impacto do custo com pessoal – que foi de 53,44 por cento em 2015 – caiu para 49,34 por cento em 2016.
Trata-se, sem dúvida, de um desempenho fantástico.

Especialmente porque estamos tratando de gestão pública – onde existe uma régua balizadora que jamais pode (ou poderia) ser ultrapassada: a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Naquele lado do balcão, o dever de casa precisa ser feito respeitando os limites legais.

E o prefeito Luciano Cartaxo – temos que reconhecer – fez seu dever. Colhendo um resultado que merece ser comemorado.

Em um oceano de desmandos e descontrole financeiro, somos uma nau sem risco de naufrágio.

A leitura metafórica desse ranking (que será anexado a minha coleção com muito carinho) é uma só:

Estamos navegando no rumo certo!

Tabela mostra situação de JP

Foto: Tabela mostra situação de JP
Créditos: Reprodução/Jornal Correio da Paraíba

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.