Início Geral

Dez pessoas s?o presas em opera??o de combate ao tr?fico e homic?dios na PB

Dez pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira (16) pela Operação Pirâmide, comandada pelas polícias Militar e Civil da Paraíba. A ação tem como objetivo coibir tráfico de drogas, homicídios e porte ilegal de armas no Brejo do estado. As prisões foram feitas na cidade de Sapé, que está localizada a 55 km de João Pessoa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Ao todo 36 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Foram apreendidos dois revólveres 38, um revólver 32, espingardas e ainda 87 munições de vários calibres (12, 762, 45, 38 e 380), dois carregadores de fuzil, drogas (maconha e crack), balança de precisão, uma quantia em dinheiro e diversas aves silvestres.

A ação contou com 200 policiais, entre civis, militares, Polícia Ambiental, Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e o Grupamento Tático Aéreo (GTA) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Seds). 

A operação foi coordenada pelo delegado seccional Everaldo Medeiros, e pelo tenente coronel Júlio César Oliveira, ambos gestores da 5ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp).

“Essa ação de hoje é uma mostra da união entre as forças policiais e de como isso faz efeito no combate ao tráfico de drogas e nos crimes contra a vida. Em quatro meses de investigação, conseguimos chegar a uma quadrilha ramificada. Demos uma resposta à criminalidade e mostramos que a Polícia está atenta. Outras operações virão”, afirmou Everaldo Medeiros. 

Dez pessoas foram presas na Operação Pirâmide

Foto: Dez pessoas foram presas na Operação Pirâmide
Créditos: Divulgação

O nome ‘Pirâmide’ faz alusão à forma como o crime era organizado na cidade. Segundo o delegado de Sapé, Frederico Magalhães, os presos se articulavam de forma que a base da criminalidade era o tráfico de drogas e configurava o principal motivo para a prática de homicídios.

“Durante quatro meses de investigação, levantamos as informações necessárias para entendemos como essa quadrilha agia. Eles tinham como base de sustentação o tráfico de entorpecentes, com a venda e a cobrança de dívidas, utilizavam as armas ilegais para coagir as vítimas e matá-las. Um dos presos, por exemplo, é suspeito de mais de dez homicídios. Por isso, nomeamos a ação de ‘Pirâmide’, deixando claro que o tráfico e o uso de armas aparecem na base e a prática de homicídios está no topo”, explicou o delegado.

O uso do helicóptero ‘Acauã’, da Seds, ajudou no sobrevoo em Sapé, evitando a fuga de criminosos pela mata fechada e plantações. “O helicóptero é muito importante em situações como esta. Demarcamos a área e temos atuação policial por terra e no ar. A aeronave nos dá esse suporte e garante uma operação bem mais completa”, relatou o superintendente da 1º Região Integrada de Segurança Pública (Reisp). Ele acrescentou ainda que a ação na cidade de Sapé é uma forma de mostrar que a integração entre as Polícias Civil e Militar traz resultados relevantes e mostra à população o trabalho policial coerente e pautado na investigação de quadrilhas de criminosos. 

Em João Pessoa

Na Capital do estado, dois homens foram detidos suspeitos de tentar levar armas para dentro da Penitenciária do Roger. Eles foram abordados por agentes da unidade prisional, que perceberam atitude suspeita deles nas imediações do presídio. Após revista, foi verificado que a dupla portava drogas e 20 facas. Um dos homens confessou que o material seria entregue a um detento do Roger. A dupla será interrogada pelo secretário da Administração Penitenciária, Walber Virgolino, que pretende descobrir qual preso iria receber as armas brancas.

Dupla 'rondava' presídio do Roger quando foi abordada por agentes da unidade prisional

Foto: Dupla ‘rondava’ presídio do Roger quando foi abordada por agentes da unidade
Créditos: Aguinaldo Mota

Dupla será interrogada por secretário da Administração Penitenciária

Foto: Dupla será interrogada por secretário da Administração Penitenciária
Créditos: Aguinaldo Mota

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.