Início Entretenimento

Veja dicas de como curtir o período junino em casa

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o São João neste ano será diferente. Não haverá a comemoração dos típicos festejos juninos com apresentação de shows, danças e quadrilhas como tradicionalmente conhecemos. Mas, é possível criar um clima de festa junina para curtir em casa com a família. A Usina Cultural Energisa divulgou dicas de conteúdos gratuitos disponibilizados na internet. Confira:

Música

A artista Elba Ramalho, nascida no município de Conceição, no Vale do Piancó, é cantora, compositora, multi-instrumentista e atriz. Desde que lançou o primeiro álbum de sua carreira, “Ave de Prata” (1979), Elba já vendeu milhões de discos e continua em plena atividade fazendo shows pelo Brasil, especialmente nos grandes eventos de São João. Em sua trajetória, Elba já fez trabalhos que perpassam gêneros como MPB, xote, baião, xaxado, maracatu, entre outros. Uma das famosas interpretações da artista é a canção “Olha pro Céu”, de autoria de Luiz Gonzaga, um marco das festas juninas.

O cantor Flávio José, natural da cidade de Monteiro, no Cariri do estado, além de intérprete é um grande compositor e sanfoneiro. Suas músicas, que são ainda mais lembradas no período junino, retratam com sensibilidade elementos da cultura e do cotidiano nordestino. Entre os seus principais sucessos estão “Caboclo Sonhador”, “Tareco e Mariola” e “Caia Por Cima de Mim”. A obra do artista pode ser ouvida através de plataformas digitais e do canal do artista no YouTube.

Francisco Ferreira Lima é conhecido no meio artístico como Pinto do Acordeon. O artista é conterrâneo da cantora Elba Ramalho, para quem, inclusive, já compôs músicas. Foi na voz de Elba que uma das suas músicas mais famosas, “Neném Mulher”, ficou conhecida ao ser adicionada em uma trilha de novela. Pinto do Acordeon era um dos músicos que se apresentava com Luiz Gongaza, o “Rei do Baião”. O cantor e instrumentista lançou seu primeiro LP em 1976 e sua obra já detém cerca de 20 álbuns, entre LPs e CDs. No link a seguir é possível conferir uma apresentação ao vivo do artista:

 

Severino Xavier de Souza é o Biliu de Campina, que também leva o título de “o maior carrego de Campina Grande”. O artista é um autêntico forrozeiro e está sempre presente nos festejos juninos da cidade que é terra d’O Maior São João do Mundo. Biliu tem um estilo irreverente, as letras de suas canções carregam o bom humor nordestino. O artista tem cinco álbuns gravados e sua obra remete a um saudosismo dos grandes festejos juninos de Campina Grande. No link a seguir é possível conferir a canção “Se Liga Malandro”.

Quadrilhas juninas

As quadrilhas, tradição desse período junino e da nossa região, é uma dança coletiva que encanta os olhos. Os espetáculos são repletos de alegria, dança e cores com vários casais dançando de forma sincronizada. Para reviver o clima de São João, a Usina indica assistir as apresentações de duas talentosas quadrilhas juninas do nosso estado: “Moleka 100 Vergonha”, que no ano passado foi campeã do festival realizado em Campina Grande, e a quadrilha “Sanfona Branca”, que em 2019 foi campeã da etapa competitiva realizada em João Pessoa. As apresentações podem ser conferidas no YouTube, no Quadrilhas TV Canal, que também reúne apresentações de outras quadrilhas.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.