Moeda: Clima: Marés:

Dieta vegetariana: por que a vitamina B12 é tão importante?

Nutricionista do Unipê reforça que suplementação do nutriente deve ser acompanhada

Hoje parte considerável das populações têm optado por uma alimentação que (quase) não traz produtos de origem animal, em especial as carnes bovina, suína, de aves e de peixes. As razões são diversas para essa mudança: desde o não uso de animais de forma geral, no caso de veganos, até a consciência de que excessos fazem mal à saúde humana. No entanto, quem adota uma dieta estritamente vegetariana pode perder fontes de vitamina B12, que está presente no complexo B e que desempenha funções essenciais ao organismo humano.

A vitamina B12 é também chamada de cianocobalamina ou cobalamina, e ajuda na produção de glóbulos vermelhos do sangue. “Ela ajuda na regulação do metabolismo e, como ela controla o funcionamento de enzimas, sua deficiência está associada à anemia megaloblástica, neuropatia e às doenças cardiovasculares”, conta o nutricionista e Prof. Dr. Janilson Avelino da Silva, de Nutrição do Unipê.

Apesar de rara, a deficiência de vitamina B12 pode ocasionar ainda anormalidade imunológicas, problemas intestinais nos primeiros meses de vida, retardo do crescimento intrauterino, disfunções cerebrais e problemas de pele. “As concentrações de B12 e a interação com os nossos genes podem ser decisivos para o desenvolvimento de doenças, como o câncer e doenças cardiovasculares”, cita Janilson.

Por isso, o nutricionista lembra da importância do acompanhamento nutricional para quem é vegano, vegetariano ou pretende adotar uma dieta estritamente vegetariana. “Além de precisar fazer hemograma completo com uma regularidade avaliada pelos profissionais de saúde, deve ser triado quanto as concentrações de vitamina B12 e ácido fólico. Recomendaria também uma associação com a homocisteína, um aminoácido ligado ao processo aterosclerótico e doenças cardiovasculares”, considera.

Mas seria necessário fazer suplementação da vitamina B12 durante a dieta? Não necessariamente, já que uma dieta bem equilibrada dispensaria o uso de suplementos. “Os vegetarianos e veganos devem ser acompanhados de perto por um nutricionista. A suplementação só é necessária quando as concentrações plasmáticas estão reduzidas”, pontua Janilson.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.