Início Geral

Dilma diz que pa?s tem capacidade para fazer uma Copa no padr?o Brasil

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira (26), em São Paulo, que a Copa do Mundo ora jogada no Brasil deve ser motivo de orgulho, devido à forma como está sendo organizada. Em uma referência ao “padrão Fifa”, foco de protestos que criticavam que a educação e a saúde também deveriam ter esse padrão, e não somente os estádios, a presidenta disse que o Mundial está sendo feito no “padrão Brasil”.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

“A Copa tem que ser um orgulho para nós, porque o Brasil e o povo brasileiro estão demonstrando que somos capazes, fora do campo e dentro do campo, de fazer uma Copa como se deve fazer, no padrão Brasil”, declarou, durante cerimônia de anúncio de investimentos de mobilidade urbana para a Baixada Santista.

Segundo a presidente, o brasileiro tem a característica de abraçar as pessoas, e por isso está recebendo todos os turistas de braços abertos. Ela disse que o evento esportivo tem se transformado em uma Copa da Celac, que é a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos, já que várias seleções do continente têm se classificado para a próxima fase. “Isso sem desfazer dos demais países, porque nós somos os que recebem, e os que recebem têm de receber todos com esse calor que o povo brasileiro é capaz, com essa gentileza, com essa capacidade de procurar a pessoa para ajudar em qualquer circunstância”, afirmou ela.

Os R$ 481 milhões anunciados para a Baixada Santista fazem parte do orçamento para mobilidade, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento, e serão investidos principalmente na melhoria do sistema metropolitano, que inclui a implantação de faixas exclusivas de ônibus e a construção de dois túneis que ligarão duas regiões de Santos.

Em seu discurso, a presidência ressaltou a importância de o Brasil ter projetos executivos para a concretização de obras de infraestrutura, ainda mais na questão de mobilidade. “[…] Olhar para esta região percebendo que são centenas, milhares de pessoas que circulam diariamente entre os municípios desta região, que disputam espaço em rodovias, porque estamos entre a Serra do Mar e o oceano, e em ruas estreitas disputam espaço com caminhões, com veículos que estão de passagem para outras regiões do país”, disse.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.