Greve dos caminhoneiros

Crise dos combustíveis

Emprego

TV Correio

diretores-sao-afastados-do-ipc-apos-encobrirem-servidor-irregular
Diário Oficial trouxe o afastamento dos servidores (Foto: reprodução/DOE)

Diretores são afastados por encobrirem servidor irregular

Servidor se afastou do cargo para permanecer no exterior, mas continuou recebendo salário por permanecer com ponto forjado

1538
COMPARTILHE

Um processo investigativo aberto no Instituto de Polícia Científica em Campina Grande (IPC) resultou no afastamento de dois diretores do órgão para que seja apurada a manutenção de um servidor fantasma na instituição.

O afastamento de Márcio Leandro dos Santos, diretor do Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol), e Raquel Azevedo Carneiro da Cunha, chefe do Laboratório Forense (Nulf), foi publicado na edição dessa quarta-feira (30) do Diário Oficial do Estado (DOE), na página pagina 4.

Conforme o processo, o servidor José Alberto Cabral Leitão, perito químico-legal do IPC, se afastou do cargo para realizar viagens ao exterior, acompanhando a esposa, sem comparecer ao emprego, o que evitaria o pagamento de salário.

Porém, o processo atesta que tanto Márcio Leandro quanto Raquel Azevedo atestaram presença falsa de José Alberto no emprego, o que possibilitou o pagamento de salário a ele.

Com isso, os diretores foram afastados das funções em prazo de até 90 dias, prorrogável pelo mesmo período, para que as investigações ocorram sem interferência.

Outro lado

Em nota, o Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado da Paraíba (Sindperitos-PB) disse que a responsabilidade pela manutenção do pagamento do perito afastado está sendo apurada, mas destacou que os gestores suspeitos “são competentes e possuem uma extraordinária folha de serviços prestados à Policia Científica paraibana”.

“O sindicato reforça ainda que repudia o pré julgamento e irá assegurar aos seus associados afastados todas as garantias para o exercício da ampla defesa do contraditório, ao mesmo tempo que defende a boa conduta e práticas éticas dos profissionais da perícia criminal”, finaliza o texto.

* Matéria alterada na manhã desta sexta-feira (1º) para inclusão da versão do Sindiperitos-PB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas