Diretoria define onde o Treze vai mandar os cl?ssicos no Paraibano 2016

32
COMPARTILHE

Em meio às discussões sobre a liberação dos estádios para o Campeonato Paraibano 2016, o técnico do Treze, Marcelo Vilar, tido por parte da torcida como “antipático” aos jogos do time no Presidente Vargas, em Campina Grande, jogou para a diretoria a decisão sobre a realização dos clássicos no bairro de São José. E, pelo que planeja a direção alvinegra, as partidas contra Campinense e Botafogo-PB, se houver Clássico Tradição no certame desse ano, serão mandadas pelo Galo no Ernani Sátyro, “O Amigão”. Os demais jogos, naturalmente, serão realizados no PV. Acesse o Voz da Torcida.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Na interpretação do diretor de futebol do Treze, Fábio Azevêdo, o “Colosso da Borborema”, como é conhecida a maior praça esportiva de Campina Grande, é mais adequado para os clássicos, principalmente porque pode propiciar uma arrecadação maior. O Amigão tem hoje capacidade para receber até 23 mil pessoas.

Marcelo Vilar fez questão de explicar que desde a primeira passagem dele pelo Treze, em 2009, nunca foi contra a realização de jogos do time no PV.

“Pelo contrário. Eu fui um dos que incentivaram a reforma desse estádio, para que pudéssemos mandar jogos aqui”, afirmou o treinador.

O Galo estreia no Paraibano no dia 30, provavelmente em João Pessoa, contra o Santa Cruz de Santa Rita. Já o encontro com o Campinense, que será válido pela quinta rodada do certame estadual, está marcado para o dia 21 de fevereiro, um domingo.

A tabela do campeonato já marcava o primeiro Clássico dos Maiorais da temporada, com mando de campo do Treze, para o Amigão. A direção alvinegra, portanto, não deve solicitar o remanejamento para o PV.

No caso do Clássico Tradição, ante o Botafogo-PB, a realização vai depender do andamento da competição. Como estão na mesma chave na primeira fase, e enfrentam as equipes do outro grupo, Galo e Belo só podem se encontrar em uma eventual semifinal ou na decisão, dependendo do chaveamento.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas