Início Geral

‘Discutir nomes ao invés de projetos enfraquece a política’, diz Anísio Maia

O deputado estadual Anísio Maia (PT) comentou neste domingo (23) a reedição da chamada Coalizão pela Reforma Política, que aconteceu em Brasília no último dia 17 e reuniu mais de cem entidades civis, a exemplo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), União Nacional dos Estudantes (UNE) e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

“Sabemos da necessidade urgente de uma reforma política, mas não podemos imaginar que os políticos eleitos pelas atuais regras irão produzir as mudanças que desejamos. É preciso mobilização e pressão da sociedade, por isto, a Coalizão pela Reforma Política é um fato muito importante. O ideal seria uma assembléia constituinte eleita exclusivamente para debater as mudanças no nosso sistema político e partidário”, defendeu.

O parlamentar acrescentou que, sem mudanças na atual forma de fazer política, a falta de legitimidade pode levar a resultados que enfraquecem a democracia: “A política deve ser preservada como instrumento das mudanças que almejamos na sociedade. Deveríamos discutir projetos e propostas para melhorar a vida das pessoas. Sem isto, a política perde sentido e ideias antidemocráticas apresentam-se como alternativa”.

“Aqui na Paraíba, infelizmente, já se debate as eleições de 2018 de modo fulanizado. Discutir nomes, ao invés de projeto, só enfraquece a política e revela um deserto de ideias e substituição do programa de governo por peças de marketing político. É só a ocupação de espaços como um fim em si mesmo. Devemos saber o que cada candidato, partido ou coligação defende para melhorar as condições de vida de nosso povo”, concluiu Anísio Maia.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.