Início Geral

Disputa pela presidência da CMJP tem quatro candidatos e aquece articulações

Faltando mais de dois meses para a eleição, a disputa pela presidência da Câmara Municipal movimenta as articulações na base aliada do prefeito reeleito, Luciano Cartaxo (PSD), e da oposição. Pelo menos quatro nomes já colocaram ‘blocos nas ruas’. 

Leia mais sobre Política no Portal Correio

O vereador Lucas de Brito (PSL) é um deles e revelou, em entrevista ao ‘Rede Debate’ da RCTV (canal por assinatura do Sistema Correio), na segunda-feira (10), que ficou surpreso com uma ligação que recebeu às 17h30 do domingo (2), quando a totalização dos votos não tinha sido nem concluída ainda. Era o vereador Marcus Vinícius (PSDB), consultando sobre um possível apoio nessa disputa.

Marcus Vinícius é tido como um dos nomes mais fortes na disputa. Já fechou questão na bancada do PSDB, que tem ainda a vereadora Elisa Virgínia e o vereador Luiz Flávio, ambos reeleitos. Além de Lucas e Marcus, já se lançaram abertamente na disputa os vereadores Helton Renê (PC do B) e Raíssa Lacerda, única vereadora eleita pelo PSD, partido do prefeito.

No mesmo ‘Rede Debate’, a vereadora Raíssa Lacerda lançou uma previsão que se confirmou nesta semana: só existem oficialmente três candidaturas à presidência da Câmara de Vereadores de João Pessoa: a dela, a de Lucas e a de Marcus. Ela excluiu Helton, que já fala em reassumir a direção do Procon Municipal a partir de janeiro, e o atual presidente, Durval Ferreira (PP), que se eleito novamente chegaria ao quinto mandato à frente da mesa-diretora. Durval conta com a força do PP, primeiro partido a declarar apoio à reeleição de Cartaxo, e com o seu poder de articulação pelos bastidores. Ele ainda não se lançou publicamente como candidato.

Raíssa e Lucas já adiantaram que não votam em Durval. Marcus Vinícius trabalha para angariar apoios na oposição e mira na bancada do PSB, a que mais cresceu nas eleições deste ano, passando de um para quatro vereadores. Tibério Limeira (PSB), que chega ao seu primeiro mandato, avisou que a bancada irá se reunir e deve adotar uma posição em bloco. Depois, deve ampliar essa reunião convidando todos os 11 vereadores de oposição para definir uma estratégia para eleição da nova mesa da CMJP.

Tibério, Lucas e Raíssa condenaram uma disputa entre oposição e situação dentro da Câmara Municipal. Eles defendem a formação de uma mesa eclética para a próxima legislatura. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.