Início Geral

Documentação para conduzir ‘cinquentinhas’ passa a ser exigida a partir desta quarta-feira

Os condutores das motos ‘ciquentinhas’ que dirigirem sem a Carteira Nacional de Habilitação ou a Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC) serão multados em R$ 574,62, referente à infração gravíssima (R$ 191,54), multiplicada por três, a partir desta quarta-feira (1º). O prazo foi estipulado pelo Conselho Nacional de Trânsito.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Em um primeiro momento, os condutores das ‘cinquentinhas’ teriam que se adequar em fevereiro deste ano, mas o prazo foi prorrogado. Com a nova regra, caso o condutor não habilitado seja flagrado dirigindo uma moto de 50 cilindradas, ele terá que acionar um motorista habilitado para levar o veículo, ou ciclomotor será apreendido.

Para tirar a ACC, documento específico para quem conduz ‘cinquentinhas’, a carga horária de aulas teóricas e práticas é reduzida. O valor pago para obter o documento também é menor, custando, aproximadamente, R$ 300. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito, até o fim de fevereiro, apenas 678 ACCs foram emitidas no Brasil. A CNH custa entre R$ 500 e R$ 800. Também segundo o Denatran, foram mais de 25 milhões de CNHs emitidas na categoria A, exigida para condutores de motos no País.

Emplacamento

O prazo para que os motoristas façam o emplacamento das ‘cinquentinhas’ é o dia 16 de junho. Para registrar e licenciar os veículos, o custo total é de R$ 200,67, sendo¬ R$ 70,67 do primeiro emplacamento e R$ 130 do seguro obrigatório, o DPVAT.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.