Início Geral

Donos de cursinho somem e polícia investiga golpes de pelo menos R$ 300 mil

Pelo menos 10 ex-funcionários do cursinho Solaris, preparatório para concursos públicos, denunciaram nesta terça-feira (29) quatro sócios-proprietários do empreendimento, acusando-os de golpes que, em uma estimativa inicial, somam pelo menos R$ 300 mil, segundo apuração da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa, onde o caso foi registrado.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com o delegado Lucas Sá, que coordena as investigações do caso, de maio para outubro deste ano as oito unidades do cursinho, distribuídas por João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita e Natal (RN) foram fechando de maneira inesperada.

“Nem mesmo os funcionários foram avisados. A denúncia diz que a empresa não cumpriu contratos, deixou de pagar empregados, fornecedores e não devolveu dinheiro de alunos por aulas que não ocorreram”, disse o delegado.

Os responsáveis pelo cursinho não foram localizados até o fechamento desta matéria. De acordo com Lucas Sá, eles têm até 30 dias para comparecer voluntariamente à delegacia, na Central de Polícia Civil da Capital, para prestar depoimento e fornecer a versão deles sobre a possível fraude.

“Os sócios poderão responder por estelionato, apropriação indébita previdenciária e associação criminosa, podendo cumprir 13 anos de prisão”, concluiu o delegado.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.