Início Geral

E o pós-impeachment

Presidente nacional do PPS, o pernambucano Roberto Freire é o típico nordestino que não tem “papas na língua” e não deixa o dito pelo não dito. Defensor aguerrido do impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff, e opositor ferrenho ao PT, jogou um comentário no microblog Twitter, hoje cedo, que vale uma análise profunda. “Eu diria,com a experiência de ter sido líder do gov. Itamar [Franco], @bichocachorro12 [seguidor a quem enviou a resposta] que é importante estarmos preparados para o pós impeachment”, escreveu Freire. A afirmativa é pertinente e cabe aqui uma pergunta, aliás vários questionamentos.

Estamos nós – classe política, sociedade civil organizada e população – preparados para o pós impeachment? Quem vai conduzir esse País até as eleições de 2018? Quem são esses políticos? Que ações serão tomadas? Estarão estes preparados para assumir o Brasil? Parte do pressuposto que se estão preparados para o depois, poderiam ter ajudado no ‘antes’. Ou não?

Aí está o perigo maior. Corremos o risco de ficarmos mais à deriva do que já estamos. Já pararam para pensar como vai ser? Espero que sim. Porque, eu, simples expectadora, não faço a menor ideia se o poço ainda está na metade dele, se já chegamos ao fundo, ou se não saímos da beirada, mas querem pintar como se a coisa estivesse afundada. Acredito que poucos têm essa visão de como as coisas estão realmente e me pergunto se não as estão usando para ver o País “pegar fogo” e realmente chegar ao fundo do poço.

Necessidades especiais

O vereador Benilton Lucena (PSD) apresentou projeto de indicação à Prefeitura Municipal de João Pessoa propondo que seja diminuída em uma hora a jornada de trabalho do servidor público municipal que for tutor, curador ou responsável por pessoa portadora de necessidades especiais.

Gravação…

“Comunicado: não é minha a voz contida em áudio veiculado em redes sociais desde ontem. É falsificação pura. JB”. A informação foi dada por Joaquim Barbosa em sua conta no Twitter.

…negada

“O juiz Sérgio Moro e a operação Lava Jato precisam de cada brasileiro vigilante”, diz a suposta gravação atribuída ao ex-presidente do Supremo Tribunal Federal.

Diretórios

O deputado Frei Anastácio participou, no sábado, de reuniões com de diretórios do PT de 12 municípios e com representantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

Manifestações

As reuniões, segundo Frei Anastácio, foram para avaliar as manifestações realizadas sexta-feira, em defesa do governo da presidente Dilma e do ex-presidente Lula.

Diretórios

O deputado Frei Anastácio participou, no sábado, de reuniões com de diretórios do PT de 12 municípios e com representantes da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

Manifestações

As reuniões, segundo Frei Anastácio, foram para avaliar as manifestações realizadas sexta-feira, em defesa do governo da presidente Dilma e do ex-presidente Lula.

Esculhambação

A Semob precisa tomar uma providência em relação a esculhambação que acontece em frente e ao lado da Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa.

Sem critério

Carros são estacionados sem qualquer critério, inclusive fechando ruas por onde deveriam circular outros veículos. Ao que tudo indica, nunca um guarda de trânsito esteve no local.

Debate

O presidente do TJPB, desembargador Marcos Cavalcanti, recebeu ontem o vice-presidente do TRE-PE Alberto Nogueira, que veio tratar de assuntos inerentes aos Poderes.

Chances reais

Médico, o vereador Luiz Flávio acredita que o seu partido, o PSDB, tem reais condições de reeleger a atual bancada na Câmara Municipal de João Pessoa, no pleito do dia 2 de outubro.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.