Início Geral

Efraim questiona governo por autorizar reajuste acima da inflação para medicamentos

O deputado federal Efraim Filho (DEM) informou que estará questionando formalmente o governo federal pela resolução da Câmara de regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), órgão do governo formado por representantes de vários ministérios, que fixou em 12,5% o reajuste permitido aos fabricantes na definição dos preços dos medicamentos. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (1°).

A regulação é válida para um universo de mais de 9 mil medicamentos com preços controlados pelo governo. Segundo Efraim, em 2015 o reajuste máximo autorizado foi de 7,7%. Em 2014, o reajuste foi de 5,68%, e, este ano, o governo permite um reajuste acima da inflamação, algo que o parlamentar considera inaceitável.

“O aposentado, o mais necessitado, aquele que consome o seu salário com aquisição de medicamentos será o que mais irá sentir esse reajuste descabido e inaceitável. É mais uma afronta desse desgoverno. Iremos usar as nossas prerrogativas como deputado federal para questionar esse reajuste”, disse o deputado paraibano.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.