Início Geral

Em jogo emocionante, São Paulo vence o Cruzeiro por 3 a 2

Emocionante, esse foi o adjetivo para descreve o que foi São Paulo e Cruzeiro neste domingo (13), às 11 horas, no Morumbi. O São Paulo começou ganhando com lindo gol de Hernanes, tomou a virada com dois gols de Sassá, mas não desistiu e virou o jogo novamente. Arboleda de cabeça e Hernanes mais uma vez fecharam a conta para o tricolor. Comente no fim da matéria.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Com a vitória, a equipe paulista saiu da zona de rebaixamento e é a 16ª colocada do Campeonato Brasileiro. Agora dependo dos jogos de Avaí e Vitória para ver se sai ou não da zona da degola.

No próximo jogo, o São Paulo visita o Avaí na Ressaca em confronto direto na luta contra o rebaixamento. Já o Cruzeiro, que jogou com time mesclado, recebe o Sport no Mineirão.


O jogo


Começando sem a mesma intensidade de outros jogos, o São Paulo adotou uma postura mais branda e deixava a bola para o rival. O Cruzeiro trabalhava e procurava espaços sem pressa. O jogo parecia morno, mas aos 12 minutos do primeiro tempo tudo mudou. Sassá saiu cara a cara com Renan Ribeiro, o goleiro chegou atrasado e fez pênalti no atacante.

O camisa 99 bateu bem, até tirou do goleiro, mas a bola bateu na trave e saiu pelo lado do campo. O Cruzeiro então começou a crescer no jogo e tentava algumas finalizações. O time da casa, por outro lado, tinha dificuldades na saída de bola, com Militão fazendo um péssimo jogo.

Mesmo sem criatividade, o São Paulo tentava compensar na vontade e dava algum perigo para zaga adversária. O jogo estava equilibrado, mas o Cruzeiro era melhor. No fim da primeira etapa, porém, Marcos Guilherme sofreu falta na intermediária. Hernanes cobrou com precisão e levou a vantagem são-paulina para o segundo tempo.

Na etapa final, o treinador são-paulino tirou Militão e colocou Jucilei. Mesmo assim, o time do Morumbi entrou sonolento e viu o Cruzeiro intenso. Logo aos cinco minutos, Sassá aproveita cruzamento despretensioso e livre, fez um lindo gol de voleio. O Tricolor então tentava reagir, mas aos 11 minutos o Cruzeiro virou. Sassá aproveitou bobeada de Rodrigo Caio e bateu na saída de Renan Ribeiro, sem chances para o goleiro.

Dorival mudou novamente, colocou Gilberto e Denílson e na vontade aconteceu a segunda virada do jogo. O Cruzeiro teve duas chances para ampliar, não fez e o ditado é claro: quem não faz, toma! Arboleda aproveitou cruzamento de Hernanes e empatou o jogo.

Minutos depois, Gilberto foi derrubado na área em lance duvidoso e o juiz marcou pênalti. O profeta bateu e marcou novamente. Com a vitória, a equipe é momentaneamente a 16ª colocada, mas depende dos outros jogos do dia para sair da zona de rebaixamento.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.