Emprego industrial fecha primeiros cinco meses do ano com queda de 5%

15
COMPARTILHE

O emprego industrial no Brasil acumulou retração de 5% de janeiro a maio deste ano, informou nesta sexta-feira (17) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário na Indústria.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O emprego industrial fechou o mês de maio deste ano com queda de 1%, em relação a abril, o quinto resultado negativo consecutivo nesta base de comparação. A queda atingiu 5,8% na comparação com maio do ano passado.

Com isso, no ano, o acumulado de diminuição do pessoal ocupado atingiu 4.4%, nos últimos 12 meses. O recuo nesse mês foi o mais intenso desde fevereiro de 2009, quando a taxa de pessoal ocupado assalariado atingiu queda de 1,3%.

O número de horas pagas também teve taxas negativas nas seguintes comparações: queda de 1,3% em relação a abril deste ano; de 6,6% em comparação a maio de 2014; e de 5,6% no ano.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas