Início Policial

Empresário é morto em ação da polícia de Sergipe na Paraíba

Policiais responsáveis se apresentaram na delegacia da região e entregaram as armas
Gefferson de Moura Gomes tinha 31 anos (Foto: Reprodução/TV Correio)

Um empresário de 31 anos morreu durante uma ação da Polícia Civil de Sergipe na Paraíba, nessa terça-feira (16). O caso ocorreu quando a vítima seguia de João Pessoa para Cajazeiras (PB) e passava pela região de Santa Luzia, no Sertão da Paraíba. As informações são da TV Correio.

Gefferson de Moura Gomes iria cuidar do pai, que está com Covid-19, em Cajazeiras, quando teria se deparado com uma operação da Polícia Civil de Sergipe no caminho, que estaria buscando suspeitos de assalto. Conforme relato dos policiais de Sergipe, ele estaria armado e teria reagido, o que deu início a um tiroteio.

O empresário foi baleado e levado pelos policiais para um hospital em Santa Luzia, mas já teria chegado morto e o corpo foi deixado em uma maca do lado de fora da unidade.

Conforme a Polícia Civil da Paraíba, à TV Correio, a operação seria sigilosa e a instituição não sabia sobre esse trabalho.

Os policiais responsáveis se apresentaram na delegacia da região e entregaram as armas. A Polícia Civil investiga o caso e a origem da arma que os policiais disseram que foi achada com o empresário que morreu. A investigação também deverá apurar a veracidade das informações prestadas pelos policiais sergipanos.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) disse no começo da noite desta quarta-feira (17) que instaurou procedimento administrativo para acompanhar a investigação da Polícia Civil sobre a morte.

O procedimento foi instaurado pelo promotor de Justiça de Santa Luzia, José Carlos Patrício, que já requisitou cópia do inquérito policial instaurado pela Polícia Civil.

“Vamos analisar os depoimentos, as informações e os elementos de prova que venham a embasar o inquérito, para a partir daí, ver quais medidas serão adotadas. O Ministério Público é responsável pelo controle da atividade policial e é essa atividade que estamos desenvolvendo com o objetivo de saber se os fatos estão sendo apurados de forma regular, garantindo aos familiares e à sociedade a resposta adequada sobre o que aconteceu”, disse.

*Atualizada para incluir informações do MPPB

Palavras Chave

InteriorPolicial

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.