Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Empresários sugerem que Estado privatize Centro de Convenções

A Associação Brasileira da Indústria Hoteleira na Paraíba (ABIH-PB) sugeriu ao governador João Azevêdo (PSB), que o Estado privatize o Centro de Convenções de João Pessoa. De acordo com empresários, o equipamento “é muito dispendioso para o governo”. O encontro com João Azevêdo aconteceu na Granja Santana, em João Pessoa, no dia 4 de abril, e contou com as presenças da presidente e vice da ABIH-PB, Manuelina Hardman e Samir Youssef. As informações só foram divulgadas nesta sexta-feira (12).

“Liberando o Estado de despesas em sua [Centro de Convenções] manutenção, podendo a a administração ser transferida para empresas privadas, em que certamente haveria mais eventos, que beneficiariam todos os segmentos de João Pessoa”, diz um documento entregue ao governador, com cinco reivindicações emergenciais para que seja continuado o processo de crescimento do segmento turístico paraibano.

Aeroportos

A ABIH-PB também pediu que João acompanhe de perto a privatização dos aeroportos de João Pessoa e Campina Grande, para que não sejam rebaixados de categoria, frente aos equipamentos de Natal-RN e Recife-PE, o que prejudicaria a operação de voos internacionais na Paraíba.

PBTur

Além desses pedidos, os empresários do segmento ainda reivindicam que o Estado dê mais apoio à Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e que aumente o valor dos recursos destinado à Secretaria Institucional de Comunicação, para melhorar os planos de divulgação e promoção da Paraíba.

Resposta de João

De acordo com o diretor institucional da ABIH-PB, Francisco Evangelista, João Azevêdo teria se mostrado simpático e aberto a analisar as propostas para colocá-las em prática, o que ainda não tem definição nem prazo.

Barreira do Cabo Branco

Conforme a entidade, o Estado teria descartado intervir na barreira do Cabo Branco, por ser uma responsabilidade da Prefeitura de João Pessoa. Segundo Evangelista, o governador disse que a prefeitura já teria recebido mais ou menos R$ 70 milhões do Governo Federal e assumido o compromisso de executar o projeto na barreira.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.