Início Geral

Enterrado corpo de vigilante morto após tentar evitar assalto em escola de JP

Foi enterrado, na tarde deste domingo (3), o corpo do vigilante Fábio Alves de Lima, de 38 anos, que morreu nesse sábado (2) um dia após ser baleado ao tentar impedir um assalto em frente a uma escola no Bairro dos Estados, em João Pessoa, nessa sexta-feira (1º).


Leia também: Suspeito preso por morte de segurança em JP seria o atirador e foi achado após denúncias

O corpo do vigilante foi enterrado sob forte comoção de familiares e amigos em cerimônia no Cemitério Senhor da Boa Sentença, que fica no bairro da Ilha do Bispo, Zona Oeste de João Pessoa.


Leia mais Notícias no Portal Correio


Morte ocorreu nesse sábado

A morte do segurança foi confirmada pelo Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, na tarde deste sábado. Pela manhã, os médicos chegaram a iniciar o protocolo para detecção de morte encefálica, mas o segurança teve uma piora no início da tarde, não resistiu e faleceu.


Suspeito de ser o atirador foi preso

Também nesse sábado, um homem foi preso no bairro de Mandacaru, Zona Norte de João Pessoa, suspeito de ser o atirador que feriu o vigilante.

Junto com o suspeito de ser o atirador, a polícia apreendeu um celular, um notebook e dois capacetes. Todos os objetos passarão por perícia. Apesar de ser apontado como executor do crime, o suspeito, que tem 28 anos, nega ter feito parte ou conhecer os responsáveis pelo assassinato do segurança.


O caso

Fábio Alves foi baleado no início da manhã dessa sexta, quando tentou impedir que um homem assaltasse a mãe de uma aluna, que chegava para deixar a filha na escola em que o segurança trabalhava, na Capital.

Ao ver o assalto e o desespero, tanto da mãe quanto da criança, Fábio correu por trás do assaltante e tentou imobilizá-lo, mas não conseguiu. Em meio à luta corporal, o homem, que tinha um revólver na mão, apontou a arma para traz e atirou, acertando a cabeça do segurança, que caiu desacordado.

Socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, o segurança ainda passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.